COME TO ME

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

UMA ÚNICA ESCOLHA É NECESSÁRIA

Diante de nós, todos os seres humanos vivos hoje em toda a terra, e dos que nascem todos os dias em todos os lugares, é colocada a oportunidade única e indisfarçável de conhecer o mundo a sua volta  e de conhecer-se a si mesmo. Trocando em miúdos: significa que você pode nascer e morrer sem imaginar nem de longe quem você é e como é o mundo em que teve a oportunidade, de por pouco ou muito mais anos, viver da forma que lhe foi possível de um modo ou de outro.

Trata-se de fato de uma experiência pessoal e intransferível, palpavelmente única, que pode ter um investimento e ótimo resultado ou nulo ou ainda pior: um desastroso final. Como suporte a essa experiência única, temos na cultura em que nascemos ou vivemos parte importante de nossas vidas, a própria época ou situação histórica, uma religião ou todas as religiões a nossa volta, a ciência e todo o conhecimento acumulado, todas as limitações, sejam étnicas, de gênero, políticas, econômicas e as estritamente pessoais. Junte-se a isso as nossas escolhas feitas dentro das possibilidades restritivas a nossa volta, restritivas pessoais ( biológicas, de saúde, etárias, etc ) e restritivas advindas de nossas crenças mais pessoais.

Segundo o cristianismo mais ortodoxo, melhor ainda segundo o que é revelado claramente nas Escrituras, na Bíblia Sagrada, ao final de uma vida, será cobrada de cada pessoa não só uma vida justa segundo os padrões de Deus ( e muita gente se esuqece disso sumáriamente ) mas primária e principalmente, se o tal não fez de Deus mentiroso rejeitando a oferta e a exortação de crer nEle, como Deus encarnado e que reconcilia o homem consigo mesmo.

Mesmo que seja através de uma  aparentemente estranha história, a de um carpinteiro que durante trinta e três anos viveu entre nós a aproximados dois mil anos atrás. Que mais estranhamente não era um homem santificado, o homem iluminado, um homem ascendido a uma espiritualidade, mas O Deus o próprio encarnado, embora esvaziado de Si mesmo, assemelhado a um homem que se fez formiga para falar com as formigas em um formigueiro ( se isso fosse possível a nós por nós mesmos ). A história da cruz é loucura, Paulo fala dela desse modo. Entretanto é mais sábia que a mais sábia sabedoria humana, mesmo a nosso franco cotragosto.

Esse Deus, encarnado no Jesus Cristo real e não somente histórico, prometeu que ressuscitaria no último dia a todo o que nEle cresse, independente de quem tenham sido esses homens e mulheres, onde e como tenham vivido, e de que pecados sórdidos tenham cometido em suas vidas. A todos entretanto, que desprezasse essa, que deveria ser uma Boas Notícia ( Evangelho em grego ) seria sumariamente condenados no dia do Juízo Final. Essa verdade máxima pode ser conhecida em uma simples declaração de sua própria boca em João 3:16.

Essa adesão, mas não somente uma adesão, mas de fato  mais do que isso, uma crença nessa informação ( algo que de fato é, o Evangelho é uma notícia, essencialmente uma informação ) promove uma conversão, uma ação por parte do homem em direção a Deus, biblicamente semelhante a atitude do filho pródigo ( filho rico ) registrado na Parábola do Filho Pródigo, um dos ensinos maravilhosos saídos da própria boca do Senhor Jesus. O homem cai em si e decide por si mesmo reconciliar-se, pedir e receber o perdão do Pai ( Deus ). O resultado ( e não o propulsor disso como defendem por se enganarem alguns cristãos e crentes ) é o Novo-nascimento e a Regeneração cuja perseverança na fé é certamente a Salvação eterna e definitiva nos céus ao lado de Deus para sempre.

Embora soe fantasiosa aos ouvidos e mentes não religiosas, concorra e seja incompatível com outras teologias fruto da imaginação humana somente, é a única e de fato será a definitiva prova de sua veracidade no Grande  Dia, no Juízo Final. Logo a prova dessa verdade se encontra sumariamente no futuro, do qual não se sabe futuramente o dia nem a hora, algo que as demais religiões não têm alcance e portanto nem prova de sua "verdade". De fato o cristianismo não tem mais provas definitivas ( nem prescinde delas ) que as demais cosmologias, dai o próprio Senhor Jesus ter dito certa vez a Tomé, aquele que ficou famoso pela sua "incredulidade" ( ou raiva? ): "Bem-aventurado os que não viram e creram!"

Quem não crê no Evangelho como é revelado nas Escrituras, na Bíblia Sagrada, embora tenha o direito legítimo de fazê-lo (não crer no Evangelho ) não tem, de fato uma boa carta na manga, ou seja, é temerário "pagar para ver" quando não puder mudar o seu próprio destino na eternidade.


Contudo preocupa-me crescentemente a cada dia, a cada visita na web, a cada constatação do que grande parte dos crentes dizem sobre o cristianismo, de que embora fato e ação legítima, se de fato tiveram uma experiência de ouvir o Evangelho, crer nele, arrependimento genuíno, novo-nascimento e regeneração, como podem transformar a experiência e vida cristã em algo essencialmente religioso, denominacional, teológico ( no mau sentido ), profissional, partidário, secular, estrategista, e tome quantas alcunhas menos espirituais puder-se achar, embora não necessariamente ilegítimas ( repito ) mas desnecessárias espiritualmente. Esse tipo de cristianismo é filosófico e ideologica e organizacionalmente complexo, de relações artificialmente e secularmente complexas, ineficiente espiritualmente, embora muito de trigo se encontre, cresça e sobreviva a esse imenso joio.

O pior é que você pode, legitimamente ( repito ) se ocupar com esse enorme peso religioso. Enviei a um querido irmão ( O Jorge F. Isha, do bog Kálamos ) um link que trazia uma informação real, portanto correta e passível de ser conhecida, por algum tipo de crente, que era a de que "batistas" não são "reformados" após ter lido duas postagens feitas por ele em seu blog, registros de duas ótimas aulas sobre a importante confissão batista de 1689 - a questão de batistas não  serem reformados é de outro articulista.

São coisas legítimas, e irmão Jorge ( do blog Kálamos ) e o outro irmão não estão errados em abordá-los. A reflexão a seguir não é por causa do que disseram em seus respectivos textos, mas na enorme parte dos textos cristãos encontrados frequentemente na web. Li tantas vezes, ainda leio e os encontro sempre,  e li alguns novamente hoje, feriado no Brasil, em vários blogs e sites cristãos, sobre uma série de coisas, algumas correlatas e outras desconexas e controversas, sobre vários assuntos que me fez pensar: que tipo de crente é esse que tem que se especializar em tantos e complexos assuntos? ( normalmente relacionados na sua maioria a posicionamentos, visões particulares, acusações ao ouros grupos, opiniões pessoais, depoimentos pouco claros, dúbios, formas erráticas de expressão, e um monte de informações que não promovem edificação a nenhum novo ou velho convertido ).

Não falo dos dois irmãos supra citados que é um outro caso. Não é o que escreveram sobre, mas sobre as diversas situações factuais reincidentes e colocadas diante do viver cristão atual. Claro, por isso e para alimentar essa postura, é bastante provável que um crente novo, ou ainda com décadas de vida cristã, venha ouvir o "canto da sereia" e perder facilmente o foco. Não se trata de proibir que algo seja abordado, mas de avisar que não se trata da melhor escolha. Se não temos todo o tempo que gostaríamos de ter para aprender e fazer o que é de fato certo diante de Deus, que invistamos espiritual e exclusivamente, naquilo que Deus espera que façamos de melhor.

Eu não gostaria, e as vezes penso, que a época em que me converti foi melhor que a de hoje, no depender desse tipo de informação e desse tipo de formação "espiritual" fartamente oferecida, ofertada, disponibilizada irresponsavelmente. Tive alimento espiritual, digamos mais puro, direcionado para aquilo que é de fato importante. A "zona" atual, para ser delicado e não diminuir o estrago, embora haja ganhos, e mesmo assim muita perda, não me faria tão bem. Essa bagunça atual não me afeta tanto, só é frustrante.

Digo isso verdadeiramente, mas penso nos que chegam a cada dia, nas igrejas. Nos que se vão, nos que empacam nas suas vidas cristãs, nos que se escandalizam, nos que se desviam da verdade, a si e a outros após si mesmos. Pela minha visão, nem é culpa de alguma igreja ou denominação em particular, mas pessoal, individual, de cada um que conhece a verdade e se dispõe a conhcê-la melhor, a vivê-la melhor. Pois parece, e talvez seja de fato, improvável que se alguém tem algum nível de comunhão com o próprio Senhor, não consiga distinguir no dia a dia a sua mão direita da sua mão esquerda.

Eu sei que  a primeira igreja batista no Brasil foi inaugurada em uma loja maçônica, meu pai é maçom, e sei o quanto a maçonaria nada tem de cristã e bíblica, que os cristãos como igrejas independentes e denominações cometeram toda a sorte de erros ( e ainda comentem ) e que não há uma igreja ou denominação completamente isenta de um certo lado obscuro, que quem ainda vê as denominações e procura um igreja perfeita em particular, está labutando em vão e buscando uma miragem, mas que a despeito de tudo, Deus tem salvado pessoas, em todos os dias, em todos os lugares, desses que aparentemente sejam os dias mais próximos de Sua vinda, e que o Evangelho bíblico é a verdade a ser abraçada, crida, e recebida urgentemente por todos e por qualquer um, e que particularmente, uma igreja evangélica, por mais capenga que seja, por várias e reais razões, é o lugar ( o único embora não imprescindível ) que oportuniza a melhor condição para isso.

Não perca tempo, nem energia, com aquilo que muitas vezes até legítimo, não é de fato, de modo nenhum essencial para a sua vida cristã. Você e eu só precisamos da Bíblia e da oração.Tudo o mais pode ajudar ( embora nem sempre ) e se todos os demais suportes deixarem de cumprir o seu papel, lembremos de Daniel, numa terra estranha, num reino que não era um reino segundo a vontade de seu Deus, mas que guardava na sua experiência, algo essencial: a comunhão com o Seu Deus, com o Deus que deve ser e  é, o Nosso Deus hoje. Todos os saberes, todo o conhecimento legítimo repito, trânsito religioso, toda a cultura teológica, não são páreo e nem substituem a intimidade com Deus que tem duas mãos, ou seja uma via de ida e de vinda: eu falo com Deus e Ele me ouve, mas Ele também fala ao meu coração, e tenho de ser guiado, corrigido, ensinado por Ele. Deus não é um objeto, um ligar, uma celebridade, do qual apenas se fala ou se descreve.

O mundo inteiro fala de Deus de algum modo e em algum nível de abordagem, e nisso se incluem os cristãos e especificamente todos crentes evangélicos, mas isso não basta. Ele ( Deus ) tem que falar comigo, tem que haver de fato, concretamente um relacionamento, uma comunhão. E a mim cabe de algum modo manter essa ligação, com as duas pontas, os dois lados, se comunicando o tempo todo. Não é o que eu acho acerca de Deus, que seja o mais importante, mas o que Ele acha de mim, secreta e individualmente. Cristianismo verdadeiro não consiste na experiência religiosa estritamente visual e publicamente reconhecível ( pelo menos culturalmente, socialmente ) mas comunhão real com Deus.

Não há como ser melhor crente baseado em conhecimento, vivência denominacional, cristianismo  partidário ( partidário eclesialmente, sectariamente doutrinário apenas ). Posso ser um bom reformado, um bom batista, um bom  adventista, um bom pentecostal, um bom neopentecostal, e mais um leque enorme de posições e compreensões legítimas relacionadas ao cristianismo bíblico, e posso fazer todas essas escolhas e dizer: sou isso ou aquilo. Mas não é essa experiência, simplesmente essa opção por si mesma, que possibilita alguém nem mesmo ser cristão ou crente, mas unicamente a da conversão genuína. E é justamente essa que não pode ser relativizada e substituída por nenhuma prática, ainda que seja legitimamente cristã e cultural e historicamente evangélica.

Isso é bíblico? Sim, perfeitamente! Releia o episódio da ressurreição de Lázaro e o diálogo do Senhor Jesus com as suas irmãs, Marta e Maria, do até então falecido Lázaro que Jesus ressuscitaria após tal conversa . Há sim uma melhor parte a qual não nos será tirada, a escolhida por Maria enquanto Marta se distraia com muitos afazeres. Em que parte está o leitor investindo espiritualmente a sua vida cristã? Espero que seja sempre na melhor parte.

Nosso Senhor e Deus nos abençoe a todos! 

Por Helvécio S. Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos