COME TO ME

sexta-feira, 19 de março de 2010

QUANDO O EVANGELHO É EVANGELHO

Não deveria ser uma novidade, todos deveriam saber, que a palavra "evangelho" é de origem grega e significa "Boa nova", "boa notícia". Mas essa boa notícia não é qualquer notícia. Não é notícia relativa a vizinha fofoqueira e nem tão pouco a derrota do seu time do coração ( coisa que não vale, sinceramente, investir as suas emoções ). Talvez, só para termos uma pálida idéia, a notícia de um importante prêmio em dinheiro dada a uma pessoa absolutamente paupérrima solucionando todos os seus problemas de habitação, alimentação, saúde, trabalho e estudo. Quem sabe ainda a alta médica dada a um paciente terminal que acaba de recuperar a saúde inesperadamente e contra todos o s prognósticos mais otimistas. Enfim é a notícia da notícia, a melhor que se possa ouvir, com repercussões para toda a vida. Isso é evangelho. Esse é o tom, o impacto que pode ser medido quando alguém recebe uma excelente notícia que produz a mais exuberante alegria, que dá vontade de contar para todo mundo e compartilhar o acontecido nos seus mínimos detalhes.

Creio que não ter conseguido dar toda a dimensão do que pode significar o evangelho na sua plenitude. Palavras humanas não são suficientes, nem em prosa, nem em versos. Sempre omitiremos parte do que significa de fato a benção do evangelho, planejado e executado pelo próprio Deus em favor únicamente dos homens imerecedores, perdidos e desgraçados, embora nem se imaginem e nem se reconheçam como tal. Entretanto religiosos profissionais, após uma longa vida e carreira que lhes propiciara a ascenção a um ministério ou púlpito, na prática pregam uma outra coisa, embora em nome da correção teológica, da fidelidade escriturística, à pressuposta compreensão organizada. E não somente isso, sem se dar conta, valorizam a janela ao invés da paisagem, o embrulho ao invés do conteúdo, a mão e o dedo que apontam ao invés daquilo ou daquele  que é apontado por ela.


O verdadeiro evangelho aponta a Jesus Cristo como O Salvador, o único e totalmente suficiente e eficiente. Até aí há pouca discordância sejam entre católicos romanos, luteranos centenários, batistas, reformados, calvinistas, arminianos, paraprotestantes e mais um monte de autodenominados cristãos esparramados pelo mundo. O problema começa quando cada um quer, por estranhas razões, explicar como é esse Salvador e como é a sua salvação. A partir daí o perdido que se alegraria  com a possibilidade de uma tão grande salvação revelada nas Escrituras ( única fonte de verdade ) começa a esmoecer. Ele salva, mas não salva de qualquer maneira, salva com critérios, também não salva sozinho, não salva qualquer um, não salva diretamente, salva a partir somente de determinada  igreja, de determinados sacramentos, da observância do sábado, salva mas não manda o perdido para o inferno (??),  só salva se os perdidos concordarem sobre os mesmos pontos, etc, etc, e por aí vai. Tantos acréscimos e adendos à salvação ofertada e uma vez aceita totalmente efetiva na vida do perdido transformando-o completamente, de fato, a olhos vistos. Um evangelho assim pregado não acrescenta à igreja uma pessoa por ano, mas concorrem-na as centenas, aos milhares, como incêndio no milharal seco. Os pregadores dos anti-evangelho não gostam disso. Acham sinceramente se muitas pessoas atendem ao apelo de uma pregação, de determinada mensagem evangelística, se concorrem para determinada igreja ou ministério, alguém está facilitando as coisas ou dourando a pílula. Esquecem contudo que se há milagres é Deus quem os promove e as pessoas testemunham umas as outras e os aflitos, todos aqueles desesperançados que não vinham nenhuma saída, agora vem a Jesus e dEle recebem o socorro e todas as suas defesas e resistências desabam por terra e nunca mais deixam ao Senhor, haja o que houver. Mas estes firmes na sua incredulidade, embora se proclamem crentes asseveram que não seja Deus que opera ali. Nada de novo pois os fariseus tentaram convencer o cego que agora via a dizer que Belzebu é  que o havia curado. Se colocam como fiscais da obra de Deus ao invés de agentes efetivos de Sua obra. Deveriam, ao invés de se debruçarem em críticas, fazer, segundo suas convicções mais corretas as mesmas obras ou maiores. Mas não o podem fazê-lo talvez porque, a exemplo de um comentário de um importante pregador do passado, o tamanho da graça existente na vida do reitor de determinado seminário não excedia ao tamanho de seu traseiro sobre a sua cadeira (rs,rs,rs,rs). Se estão tão próximos do Senhor e portanto vêem as coisas de Deus com mais clareza, como não consegue fazê-la? 


Quão diferente daquele evangelho anunciado a conta-gotas, em lições, em salas e aula separadas por estágios de compreensão, por gênero, com ensino doutrinário específico ( como os cinco pontos do calvinismo e os erros e heresias  do arminismo,  a guarda e o  mandamento do sábado, estudos sobre usos e costumes, e tantas outras especificidades ). Ou quem sabe, daquele evangelho em que os membros da igreja continuam felizes cada um como chegou: o pobre tão pobre quanto antes, o rico mais rico que antes, os simples tão simples quanto chegaram e os doutos e cultos quanto mais amigos do saber e conversas e aspirações específicas de seu grupo. Nenhuma mudança drástica, nenhuma  migração de um estado para o outro, tudo como dantes no quartel de abrantes. Ninguém fuma, ninguém bebe ou dança, mas de vez em quando um sai da igreja e nunca mais volta para aquela e para nenhuma outra e tira todo o atraso no mundo de pecado, do qual a igreja o "protegeu" por anos. De vez em quando morre um ou outro, de velhice, de enfarto, de diabetes, de colesterol alto, de tantas coisas. Todos choram, como é natural, se apoiam mais por costume do que por autenticidade e o pastor diz as mesmas coisas, do mesmo modo, a cada enterro de membro de sua igreja, quase profissionalmente, como os padres o fazem, sem constranger os familiares ainda que saibam que a vida cristã do falecido tenha sido apenas meia boca. Calma não quero implodir o que se faz a tanto tempo. Nem como os revoltados contra o cristianismo que lhes proporcionou família e cultura como autênticos traidores denunciam ferozmente cada uma de suas mazelas reais. A despeito de tudo que possam imaginar, apontar com propriedade, vejo uma igreja perfeita de testemunhas perfeitas e com autoridade para sê-lo em meio as trevas desse mundo. Esses irmãos, crentes de fato, estão em quase todas as denominações e ministérios e esses sim, estejam onde estiverem , tem a mente do Senhor e sabem, conhecem a Sua vontade para fazê-la.

A Bíblia mesmo recomenda não destruir  ou remover os marcos antigos. Porém o evangelho verdadeiro é uma luz que aparece repentinamente  nas trevas , é um reboliço repentino que abala e refaz todas as estruturas, que não carece e nem dá tempo para explicações e descrições racionais. Não temos nenhuma descrição pormenorizada da ressureição de Lázaro, apenas que o mesmo atendeu o chamado e veio para fora,  que as pessoas tiveram apenas que desatá-lo das faixas que naquele tempo envolviam um defunto. Como cada uma de suas células acordaram e se reconstituiram ( pois estavam putrefatas, em franca decomposição ), como o seu coração voltou a bater e o sangue talhado voltou a  ser  fluido, como o seu cérebro morto reconstituiu cada lembrança gravada químicamente, jamais saberemos. Como  o barro e a saliva ( cuspe mesmo ) misturadas fizeram do nada um olho que já não mais existia, tal qual o primeiro homem feito do pó da terra existir e ser funcional vendo todas as coisas, a mão mirrada que se enrigeceu novamente e com força poderia empunhar uma faca ou uma panela ou uma espada ou ainda segurar a mão de outro homem dando-lhe afeto e apoio, em um único instante...quem poderia descrever? Quem poderia explicar o passo a passo desses milagres?

O verdadeiro evangelho não é organização e nem tão pouco reorganização de informações ainda que legítimas como as contidas nas Escrituras, mas espírito e vida. Aquilo que  gera e que acontece. Não deve e não consiste em discursos que demonstram apenas conhecimento do que já foi ou descrição provável do que poderá acontecer no nível da razão. O verdadeiro evangelho nos leva a nos alegrarmos com fatos, com coisas reais e que continuam integradas à mensagem e a intenção de quem é a razão e fim do mesmo evangelho. Se é cura é cura anunciada intecionalmente nas Escrituras. Se é libertação a mesma coisa. Libertação de coisas e circusntâncias que o Deus das Escrituras quer que esse homem seja completamente livre. Se é prosperidade é prosperidade com propósito,  para que o novo crente seja benção para muitas pessoas dentro do plano dAquele que é o abençoador por excelência, para os crentes e para o mundo.

Ao invés disso os anunciadores do anti-evangelho dizem e afirmam que não é bem assim. Deus  não fará isso. Não o fará a todos ( a quem então? ) pelo menos. Não fará hoje embora tenha feito no passado. Não o fará pois Deus não é exibicionista e não o fará para mostrar a Si mesmo (?). Também não o fará através daquele ou daquele outro, pois esse ou aquele  agem de forma tão diferente do que fazemos ou diferente das nossas "santas tradições reformadas". Tal qual os fariseus, põem não poucos  impencilhos que vão desde reparações  a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto,  forma dos apelos e convites, orações e expressões novas cunhadas para chamarisco do povo em cada cultura. Muitas dessas "observações" tem uma base lógica e não são de todo erradas. Erradas são as intenções,com as quais e para o qual são feitas, tal quais as dos fariseus, que tentavam levar a todo custo o próprio Jesus a cair em contradição ( coisa que não conseguiram e seria absolutamente improvável ).

O verdadeiro evangelho chega  ao perdido e destrói  todas as barreiras, sejam intelectuais, culturais, sociais, lógicas, fazendo emergir uma nova pessoa que se volta para Deus, agradecida e decidida a viver uma nova vida dedicada ao Senhor que do alto dos céus e da Sua Santidade, se inclinou em benefício de um ser perdido e pequeno, pecador e mau. A forma, o invólucro, os detalhes, são o que menos importa. Será que algum homem pode proferir um discurso cem por cento irreprensível, mesmo tratando-se das coisas de Deus? Parece óbvio que não. Se a nossa compreensão e exatidão ao explicar o que entendemos das coisas do Senhor, o que Ele requeriria de nós, como algo mais efetivo, sincero e agradável a Ele mesmo? Essa pessoa, esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros.

Por isso sou a favor de todo e qualquer testemunho autêntico que aponte, nem que seja uma única vez, a pessoa bendita do Senhor Jesus como único caminho, única esperança, a grande possibilidade de restauração de todas as coisas, não importando o quão perdido esteja esse filho pródigo. Se quiser e o fizer, crendo e aceitando-O, poderá voltar ao lar e será assim recebido por esse Deus de amor, sem nenhuma restrição e  estará através do seu testemunho e palavra sinceras, pronto a confundir a sabedoria desse mundo mais uma  vez com milagres, libertações e transformações. Sou a favor de qualquer um que anuncie o evangelho promissor, esperançoso, em que todas as possibilidades estarão em aberto, pois o Deus que o oferece é simplesmente, nada menos que Todo Poderoso, todo amor, toda misericórdia . A testemunha não fala de si mesmo, mas do que tenha visto ou experimentado e isso é o bastante.

Aplaudo o que vários ministérios fazem, embora eu pessoalmente talvez, por várias razões não o fizesse exatamente como estes  fazem a obra de Deus, seja Igreja Universal do Reino de Deus, Igreja Mundial do Poder de Deus, Igreja Internacional da Graça de Deus, Igreja Renascer em Cristo, como as igrejas tradicionais, os reformados, os calvinistas, os arminianos convíctos, todos os pentecostais, neopentecostais, apostólicos, e alguns paraprotestantes como Adventistas do 7º dia, da reforma,  renovados,etc. Também as pequenas e humildes com nomes absolutamente contraditórios ( Igreja das três trindades ???, labaredas de fogo, das sete trombetas, etc ). Sou a favor de uma testemunha genuína, sincera e poderosa como a serva adolescente do general Naamã, disponível  a ser usada por Deus, esteja onde estiver essa testemunha, sendo douta ou simples, rica ou pobre, homem ou mulher, jovem ou idoso. É dessa  pessoa que Deus precisa para fazer grandes coisas.

É  exatamente com esses pregadores do evangelho que toca e transforma que eu fico animado, realmente animado. Não fico animado com blá-blá-blá de conferencistas, palestrantes, especialistas em profetas menores, doutores em cartas paulinas, mestres em grego  bíblico, etc. Me alegro com testemunhas do poder de Deus. Com as que receberam milagres e tem como mostrá-los ( muitos só o fato de ainda estarem vivos já é o milagre ) como os anunciadores de milagres que repetem, para o contragosto de religiosos protestantes, reformados e calvinistas; "o meu Deus fará!"..." o meu Deus vai fazer!"..." o meu Deus mudará a sua vida!"..." o Nosso Deus não é limitado!" ..."o meu Jesus, o Jesus em quem eu creio e confio vai curar  esse  câncer, vai libertar do seu vício, vai te dar uma casa própria e a prosperidade para que você seja benção nesse mundo..." ´para que você nunca mais tome emprestado mas tenha para dar a quem precisar..."

Infelizmente, os que não pregam o envangelho otimista, pregam inconcientemente o anti-evangelho, que em última instância significa " não é bem assim", "não é desse jeito". 'Olha, o máximo que você pode ter é o céu...lá longe bem na frente.".." Nessa vida só lhe restas permanecer do jeito em que está, no máximo"..."Deus faz mas há vários limites "..." Se o médico disse, está dito...agora é só esperar a morte"...Oremos com o irmão que irá nos deixar em breve"... Qual é o evangelho que você anuncia e dá testemunho? propositivo, autêntico, ou teórico, limitado, burocrático, racional e em que nada acontece pois transgrediria com um monte de coisas afirmadas e reafirmadas por não sei quem? É a Bíblia e Suas revelações inerrantes uma novidade, uma boa nova impactante, ou uma coleção de histórias inspiradoras mas apenas emotivas? Você decide.

por Helvecio S. Pereira

COMENTE ESSE "POST"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos