COME TO ME

domingo, 7 de março de 2010

O PECADO CONTRA A AUTORIDADE ( PARTE 2 )


O pecado contra a autoridade ( segunda parte )

Na primeira  parte da nossa reflexão colocamos o mais claro que nos foi possível  em que consiste a autoridade outorgada humanamente, não só no seio religioso, mas  também secular exemplificando também nas religiões não cristãs. Títulos, nomes ou expressões pomposas, tem significado interno a cada instituição e repercussão na sociedade conforme a época, o contexto, e a receptividade históricas.

Enfatizamos o fenômeno ou o fato de que nem sempre e obrigatoriamente há uma convergência entre o título e autoridade humanamente delegada ( no seio religioso, qualquer que seja , e a presumida autoridade dada por Deus. Isso significa claramente que o “reverendo tal”, o “bispo fulano”, o “cardeal sicrano”, o “pastor X”,  o “missionário Y”, o “presbítero Z”, a “mãe de santo A”, o “pai de santo Q”, o “Sheike W”, o “rabino M”e qualquer que seja o título que tente representar alguma autoridade e poder religioso em religiões cristãs, católicas ou protestantes, históricas, reformadas, pentecostais, neopentecostais, de matriz africana, muçulmana, judaica, oriental, etc, nada significam diante de Deus. Obviamente falamos do nosso arraial, o evangélico, mas a compreensão desse fato se estende a toda situação que alguém diga de si mesmo “eu sou algo no plano sobrenatural, sou algo no que se relaciona com o divino”. Segundo a compreensão Bíblica correta, o que não corresponde a revelação escriturística já é nada e nada significa. Engana-se quem ache que tenha algum poder e alguma autoridade sem conhecê-Lo e sem compreender a Sua vontade, a vontade e o  plano perfeitos de Deus, com relação a si mesmo e ao mundo perdido a quem  quer salvar através da proclamação do evangelho do Senhor Jesus Cristo. Porém a nossa reflexão é destinada ao meio dos irmãos, a família de Deus, aos crentes, aos evangélicos, que tantas vezes ( e isso é natural ) tem compreensões diferentes, pontos divergentes sobre algum ou outro ponto e que gastam tanta gasolina, tanta energia e tempo, com tantos embates inúteis.

Antes de prosseguirmos, separemos duas ideias importantes:
A primeira se refere a salvação individual. Se você crê no Senhor, se o aceitou em um dia no passado distante ou presente, e permanece crendo nEle como seu único Senhor e Salvador, com Aquele que o redimiu através da morte na cruz e que ressuscitou, você é  um salvo. Se não, você ainda é um perdido e nem adianta pensar que tem alguma autoridade divina para fazer coisa alguma.

A segunda se refere ao fato de sendo salvo, conhecendo a vontade de Deus e atendo experimentado, Deus tenha colocado algo em suas mãos para ser feito para Ele dentro do plano dEle para a igreja e para o mundo perdido. Se você não tem consciência, não tem nenhuma percepção, do ponto de vista divino, sobre o que Deus esteja fazendo,desista. Você não tem autoridade para nada. Seus títulos, seus diplomas, seus cursos e suas especializações no campo cultural evangélico, sua posição hierárquica religiosa nada significam diante de Deus.

Você pode continuar vivendo uma vida secular e religiosa, fazendo as coisas obvias e tão familiares para você e assim continuará por toda a vida sem nunca perceber ou estar alinhado com a obra de Deus no mundo. Isso é terrível, é catastrófico, frustrante. Judas, um dos doze era assim. Saulo antes do chamado era assim. Hoje tantos são assim em igrejas históricas, reformadas, que não enfatizam a experiência mas a tradição, o pertencer a uma religião, ao fato de ser membro histórico de uma comunidade religiosa.

Outro ponto importante é que, como  seres sociais que somos, dependemos uns dos outros e de estruturas que nos possibilitem essas relações e aprendizado fazendo-nos dependentes delas mais que o necessário. Daí a necessidade de rompimento para que Deus nos alinhe com a Sua vontade. Abraão, Moisés, Elias, Saulo são alguns dos muito exemplos nas Escrituras. Fora dela temos Lutero como um grande exemplo, mas a história religiosa protestante é rica em exemplos semelhantes. Acomodados, submissos cegos, comodamente adaptados não percebem o agir de Deus e permanecem onde estão.

Como saber se devo sair ou ficar, lutar defendendo o “status quo” ou sair rompendo barreiras, já que normalmente os fundadores de movimentos heréticos também assim procedem? A resposta parece ser  única: comunhão e intimidade com Deus alimentadas por um profundo amor a Ele e ao mundo perdido pelo qual de Ele, o Senhor Jesus, a sua vida como oferta na cruz. Moisés, mesmo predestinado, para libertar o povo de Israel teve que demonstrar um amor e uma paixão em defender aqueles os quais sabiam ser o seu povo e um desapego por tudo o que significaria ser filho da filha de faraó e o que , humanamente isso poderia significar em termos humanos. Quem sabe, como era práxis, até não tão longe em termos históricos, alguém chegar ao poder matando os prováveis herdeiros ao trono e conseguindo apoio do povo e de parte da nobreza? Havia certamente essa possibilidade humana para Moisés, mas ele não se importou e mesmo frustrada a sua tentativa humana de fazer o que  acreditava, não se rendeu ao fascínio desse mundo.

Finalmente a autoridade de Deus só é outorgada por Deus e não segue os padrões de visibilidade humana. Pode até ser coincidente, ou seja: tal “pastor”, “reverendo”, presbítero”,”bispo”, “apóstolo” ser uma pessoa a quem Deus esteja usando para fazer a Sua vontade. O tal ou a tal, não é bispo ou bispa, porque se auto intitula ou porque simplesmente o povo da sua igreja  e denominação o reconhecem. Um fruto o precede e dura enquanto o mesmo mantiver a visão e a comunhão com  Deus. Teólogos, biblistas,  comentaristass, professores de teologia em instituições acadêmicas, se confundem  muitas vezes ao fazerem  uma análise do ponto de vista cultural e humano somente. Não gostamos do que é diferente do que fazemos costumeiramente.  Esperamos, nos arraial evangélico, que o pregador, tenha o perfil que nos agrada - impostação de voz, cultura, aparência, que seja visto como nós o vemos e que não nos cause muitos embaraços ou constrangimentos , que a nossa relação inferida com a sua personalidade só nos acrescente e não nos cobre explicações diante de terceiros - somos bem humanos não é? Mesmo sendo crentes e filhos de Deus, salvos e perdoados...não somos assim tão grande coisa e inteiramente acima da média e do comportamento das pessoas, não é mesmo?

A música, a forma de culto, o lugar e forma como a reunião são conduzidas, as ilustrações e exemplos durante a pregação, a postura brincalhona e amigável ou dura e sisuda definem bem o nosso grau de aprovação e desaprovação. Daí reconhecemos ou não a autoridade do indivíduo. Notem que nesses poucos itens nada ou muito pouco se relacionam e refletem a vontade de Deus ou a possível autoridade de Deus outorgada a alguém. Se a alguém foi outorgada por Deus uma autoridade divina, esse a tem, e deve ser acatada enquanto o mesmo mantiver esse nível de obediência a Deus e esse agora é um ponto importante, pois se não reconhecermos a autoridade verdadeiramente advinda  de Deus em alguém usado por Deus, estaremos  nos colocando contra Deus, façamos o que fizermos, tendo uma posição religiosa e culturalmente bíblica aparentemente alinhada com a vontade e planos de Deus, e o pior não notaremos isso.

Como ter essa certeza então?  É o assunto da proxima postagem dentro da reflexão " O pecado contra a autoridade".
Por Helvecio S. Pereira

COMENTE ESSE “POST”
Continua na próxima postagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos