SANDI PATTY LOVE IN ANY LANGUAGE

domingo, 31 de outubro de 2010

JOGANDO COM AS PALAVRAS

Eu até pensei em omitir-me de algum comentário relacionado a discussão, mas decidi não fazê-lo em nome do esclarecimento a quem possa interessar as informações para construção de um julgamento. Boa parte dos cristãos, infelizmente não todos, sabem o quanto o conceito de livre arbítrio é combatido pelos irmãos calvinistas. de fato é o calcanhar de Aquiles da doutrina calvinista e como tal fica impossível sustentá-la em todos os seus pontos, se ele, o livre-arbítrio, existir. Até aí é algo bastante compreensível, mas jogar com as palavras para convencer-nos de algo dito  não seja exatamente o que é dito enfática e repetidas vezes já é demais.  

Encontrei em um blog de um irmão calvinista a abordagem do assunto feito da forma descrita a seguir. primeiramente foi colocada uma frase me destaque com a seguinte informação:

"Eu creio que o homem seja livre para fazer  tudo o que desejar o seu coração." 

Assim posto, o autor do blog nos faz a seguinte afirmação: "nenhum calvinsta vai dizer que essa frase é falsa, todos cremos que essa frase é verdadeira." e conclui: " o que não podemos dizer, baseados nela,  é que o homem tenha livre-arbítrio."

Tratou-se de fato numa articulação elaborada para trazer qualquer interlocutor para dentro de seu raciocínio e aí conduzir o seu pensamento cativo para finalmente, esse é o único objetivo, descredenciar a temida idéia do livre-arbítrio, que se for verdadeira, ou até algo próximo disso,  se traduz num duro golpe a toda estrutura da eleição e da rejeição antecipada do homem por parte de Deus.

Mas não pára aí. a título de uma abertura ao diálogo convida um desavisado e descoupado de um arminiano ( para os calvnistas infelizmente os crentes se dividem em calvinistas com algumas matizes e arminianos  ) para derrubá-lo em nome de todos os demais. E o bobo, por se auto denominar armeniano, por se engajar em um baralha insonça como essa cai como patinho.

A coisa prossegue, com o adoram definições de dicionários e citações em latim, tudo antes da Bíblia ( essa prevalência dos conceitos, das afirmações teológicas históricas, o culto a certos teólogos, oculto a erudição, as vezes é detestável ) e aí aoser perguntado gentilmente, depois de uma falsa e solene "paz em Cristo", faz-lhe a seguinte pergunta isca:

O irmão poderia por favor definir o que significa livre-arbítrio?

a que o outro irmão  ( o arminiano )  responde:
( ...) disse...





Caro irmão ( ... ), primeiramente obrigado pela sua participação no meu blog. Sinta-se sempre bem para poder interagir conosco.

O amado foi curto e objetivo, como também o serei.





Dividindo as palavras temos:

LIVRE = liberdade, sem estar preso a algo (seja vontade, pessoa, lugar, instituição, etc.).

ARBÍTRIO = é capacidade de arbitrar, tomar decisões, escolher, fazer julgamentos.


Logo livre-arbítrio seria a capacidade de se tomar decisões livremente, sem a interferência de ninguém e de nada.


É claro que essas escolhas muitas vezes podem vim a ser manipuladas por más informações recebidas, seja a fonte que for. Mas a escolha em si sempre recairá na liberdade que cada um individualmente detém.



É evidente também que cada escolha tem as suas conseqüências, dependendo se forem boas ou más, é o que se percebe claramente em Dt 30:15:19.


Desse modo o "arminiano" caiu que nem um patinho chegando com seu raciocínio exatamente no ponto em que o irmão "calvinista" queria que chegasse.


QUERO DESTACAR QUE AMBOS ( E ELES E QUALQUER UM DE NÓS ) CONCORDAMOS QUE  DEUS SUSTENTA E DIRIGE TODAS AS COISAS, QUE SALVA, CONDENA E JULGA TODAS AS SUAS CRIATURAS. DE FATO BRIGAM POR NADA. MAS QUE NADA É ESSE? A DIFERENÇA TEOLÓGICA DESENVOLVIDA BASEA-SE UNICAMENTE A RESPOSTA FORMULADA A PERGUNTA TAMBÉM FORMULADA; POR QUE O HOMEM DIA NÃO A DEUS REJEITANDO A SUA SALVAÇÃO? CALVINISTAS AFIRMAM: PORQUE DEUS DECIDIU QUE NÃO CRESSEM. ARMINIANOS DIZEM: O HOMEM É LIVRE PARA CRER E NÃO CRER, ACEITAR OU NÃO ACEITAR, POR ISSO É RESPONSÁVEL TANTO PELA SUA SALVAÇÃO, CRENDO, OU PERDIÇÃO REJEITANDO A OFERTA GRACIOSA DE DEUS. É SÓ ISSO. TUDO O MAIS SÃO FIRULAS TEOLÓGICAS.

Bem essa abordagem foi a mais de três anos atrás, portanto em 2007. Eu pergunto: por que esses dois não vão diretamente às Escrituras e obtém lá a resposta autorizada e definitiva da pelo próprio Deus sem se aterem a um ou a outro digníssimo defunto cristão? ao que eu saiba, tanto João Calvino, quanto Jacó Armenius, liam , estudavam e fundamentaram suas opiniões divergentes nas Escrituras e a bem da verdade, ora além do que fazemos pessoalmente hoje e ora aquém do cremos e colocamos em prática hoje, por razões históricas e culturais.

Isso não é defesa do evangelho, isso não é nem sequer evangelização e o pior tem implcaões diretas no que você prega e como prega a outras pessoas, as quais pouco ou nada conhecem do que dizem as Esccrituras para serem salvas. As vezes sou comedido, considerando as pessoas sinceras as quais não quero ferir o coração e nem  ser tropeço para elas, mas quando vejo os meios favoráveis, as oportunidades para a proclamação do evangelho serem usadas para o que não é efetivamente levar a alguém a conhecer a Deus, eu fico literalmente fulo, e aí dá vontade de bater realmente em quem pode apanhar.

Um dia desses vi um pastor ( vejo vários, de neopetecostais a tradicionais ) em um vídeo pregando na sua igreja. A voz era semelhante a do rev Caio Fábio no passado, quase vinte anos, a impostação de voz a construção das frases e a pontuação ao expor cada idéia. Um pregador culto, educado, bem aparelhado para pregar o evangelho de forma  a conduzir a salvação os simples e os mais empedernidos graças ao status social ou a cultura acadêmica. além de previsível, o que não é exatamente um defeito, o texto escolhido foi submetido a algo secundário na sua mensagem que  consistiu em uma autêntica aula acerca do que crêem os calvinistas, tudo embutido na pretensa mensagem do texto escolhido como tema de sua pregação.


É mais ou menos assim: uma testemunha de Jeová quer convecê-lo que o seu Deus nãotem nome ou está com o nome errado. Venha para a Torre de Vigia, e venha logo,pois  só lá chamamos Deus pelo seu verdadeiro nome. Os adventistas querem convencer-nos que o domingo é do diabo e da igreja católica, tudo o mais é acessório. Venha para cá  e como bom conhecedor da Bíblia guarde o sábado conosco.
O Calvinista radical enfatiza a eleição, tufo o mais é acessório, e tudo o mais é simplesmente para explicar e justificar uma posição desnecessária e inlógica; que o tal foi escolhido com base em nada para ser salvo e o outro com base em nada para ser perdido. Não é isso que a Bíblia revela. A graça resgatada a partir das Escrituras a 493 anos por Martinho Lutero, é graça por ser imerecida mas não inlógica.

O deus do Islã é imprevisível e suas ações injustificadamente improváveis, mas o Deus bíblico não. O Deus bíblico  se baseia em Sua divina natureza que é perfeita justiça e perfeita bondade. Algo que torna as suas ações perfeitamente justas sob qualquer argumentação e consideração. Temos como consequência um enorme contingente de crentes, de cristãos, devidamente aparelhados cultural e acadêmicamente, incapazes de pregar o evangelho como deveria ser pregado e do outro lado, na outra ponta um contigente maior de despreparados por não terem tido acesso as mesmas ferramentas e meios  seculares e teológicos, se esforçando para contar aos outros, de alguma forma, a verdadeira boa nova do evangelho (que é a grande boa nova ).

No meio disso tudo, milhões vão para o inferno diariamente, todos os minutos e segundos de um único dia. E o pior alguns ganham para isso: para serem exatamente pregadores do evangelho e para tal separaram toda a sua vida  como religiosos, como pastores, professores em seminários, etc.

No aniversário, quase esquecido da Reforma, tiremos a lição, do que deva ser feito, em que devemos concentrar as nossas energias e conhecimento, nossa voz e meios. Detalhes há  na nossa fé , na explicitação da mesma, mas alguns deveriam ser ignorados, pois não são nem verdadeiros e nem essenciais. Deveríamos dizer as pessoas somente o que elas deveriam fazer para serem salvas e só, o resto é com Deus. E isso as vezes, não poucas, para a ser um tema satélite e não central.


Por Helvécio S. Pereira

O HOMEM QUEM É? A ESSÊNCIA DO SER HUMANO, QUEM SOMOS DE FATO?


Muitas vezes nos debruçamos apaixonadamente sobre alguns temas, deixando de fora outras considerações importantes. Fazêmo-lo em uma outra posição, pró ou contra algum pensamento ou compreensão e as vezes nos dedicamos anos nessa empreitada e não poucas as vezes toda uma vida. São posições religiosas, filosóficas, ideológicas, etc.

A Bíblia nos dá a possibilidade de termos todas as respostas que necessitamos ter. Guardadas as proporções, Deus no seu amor e cuidado determinou que mesmo criaturas simples para nós,com o formigas, abelhas, cupins, aranhas, e todos os demais animais, soubessem tudo o que precisariam saber para as suas vidinhas. Não encontramos formigas dizendo para si ( por hipótese ) onde encontrarei comida, ou o que farei com os ovos de meus semelhantes ( outras formigas ).

A própria ciência comprovou que as aves já sabiam onde se localizavam os pólos magnéticos da terra e todos os animais marinhos as correntes marinhas do oceano. Contudo não sabem, cada um deles, nada além do que precisam saber. Uma pulga não conhece nada sobre um elefante e esse nada sobre Marte ou Vênus, mas no Pacífico esses belos animais pressentiram o Tissunami, e salvaram a si próprios e os turistas com eles.

Deus não Si obriga a dar respostas a questões que façamos só pela nossa curiosidade, mesmo que essas representem injustamente ( na maioria das vezes ) uma "dúvida" sobre Si ou Sua existência. Dessa forma um ateu morrerá na sua obstinada teimosia pensando que pode pressionar  ( que presunção estúpida ) a Deus, colocando-O ( colocando Deus ) contra a parede até Ele dar mais provas de Sua existência e veracidade. Ele nunca fará isso. Aliás tal prova definitiva  só será manifesta no último dia, no juízo final, em que toda língua confessará e todo joelho se dobrará confessando-O, reconhecendo-O ) como Senhor. Aliás sob esse aspecto não haverá nenhum ateu no inferno.

Bem, mas o que eu quero considerar é exatamente o que está na "cabeça" ou chamada dessa postagem. Há três seres humanos que diferem ou diferiram, de todos os demais seres humanos  sobre a terra, segundo a Bíblia. Adão, Eva e Jesus Cristo. Adão foi feito por Deus. Segundo a Bíblia, as Escrituras, Adão não surgiu de uma névoa, mas Deus o formou ( como a um vaso ) do pó da terra. A ciência sabe que são necessários, em reais, moeda brasileira, apenas cerca de R$80,00, para adquirir-se todos os elementos químicos para  "fabricar-se" um ser humano. Eva, foi feita também pessoalmente por Deus, a partir de material genético de Adão ( só hoje podemos entender um pouco melhor essa verdade ) e Jesus foi formado no ventre de outro ser  humano ( Maria ) mas sem as infornações genéticas diretamente transmitidas por um pai humano. Todos os mais de seis bilhões atuais e todos os que viveram em todas as épocas, são diferentemente desses três, genéricamente iguais.

Consideremos então alguns detalhes de Adão, Eva e Jesus Cristo. De pronto percebemos que Eva, mais nova, com menor experiência com Deus, foi formada depois , não sabemos o intervalo de tempo, era mais atirada,dada a investigação e curiosa. Adão era meio apagado e as poucas falas que temos de Adão nos remete a uma pessoa de pouco destaque e personalidade covarde. Jesus como homem era extrovertido, decidido, franco, dinâmico, alegre e dado a todo tipo de enfrentamento. Há uma teoria entre dezenas ou bem mais, que eu acato como capaz de descrever as diferenças de temperamento, a dos temperamentos de Hipócrates, o pai da medicina. Por ela podemos reconhecer diferenças básicas entre uns e outros seres humanos e até prever em boa medida sua resposta e reação perante acontecimentos genéricos.

Deus criou os seres humanos, todos nós, a excessão de Adão, Eva e Jesus, todos nós os demais, somos frutos de caóticas ( não no sentido de caos, desordem, mas de infinitas possibilidades matemáticas ) relações emocionais e sexuais, com inúmeras probabilidades. A compreensão dessa realidade nos possibilita imaginar que cada ser humano que nasça é uma única e inigualável possibilidade, se considerarmos a cultura, o momento histórico e os componentes genéticos envolvidos.

Deus não é surpreendido pois o Onisciente a tudo conhece, mas Ele tem prazer em ver como esse novo ser se manifesta e constrói a sua inigualável individualidade. Além desses elementos há uma resposta, embora já conhecida por Deus, que se manifesta a cada momento, a cada situação. Na ocasião da ressureição de Lázaro, Marta e Maria, escolheu cada uma a atitude que julgava correta diante de Jesus. Individualidade, Maria a ocasião escolheu a melhor parte. Sentou-se aos pés de Jesus e o ouviu. Marta se derramava em reclamações legítimas, embora cresse e amasse a Jesus. Outro exemplo clássico foi Caim e Abel. Certos indígenas brasileiros, errôneamente, de posse desse conhecimento ancestral de Caim e Abel, matam a ambos, quando seus filho nascem gêmeos, por não saberem quem será o "bom" e quem será o "mau".  

O determinismo é tão ilógico como o é concebido nas religiões orientais, por sinal todas com uma base fatalista e determinista. Deus não fez Adão para pecar, para ser fraco na sua autoridade como cabeça da primeira família e nem Eva para ser atiradinha, curiosa e experimentadora de novidades. Porém os fez e a nós com um grau de manifestação de características únicas. Características que mesmo com o pecado latente e como tendência natural, leva a sermos mais agradáveis ou menos agradáveis a Deus. Todos nós corremos o bom risco de chamarmos atenção de Deus e o péssimo risco de não chamarmos a sua atenção por sermos únicos e diferentes.

Deus escolheu Davi, o menor de todos os seus irmãos e com o pior perfil ( em jargão atual ) para ser Rei sobre Israel, mas foi Davi o que Deus escolheu e se agradou. Por que? para os deterministas Deus determinou tal coisa antes da fundação do mundo, ok, com base em quê? Deus o viu , viu o futuro de Davi, como vê todas as coisas...Ok, vê o que Ele mesmo determinou, então não viu, Ele fêz o que bem quis e não viu o que fora da Sua vontade seria impossível de existir...outro problema. A palavra,uma delas, no AT para escolham eleição, etc, tem a idéia de "avaliação cuidadosa", a mesma avaliação na escolha dos trezentos de Josué, ou de um soldado para a guerra. Uma avaliação pela observação de um elemento, ou alguém no momento dos acontecimentos, semelhante a torre de Babel: desceu Deus para ver a obra que  os homens faziam.

Saul foi sagrado Rei pela escolha de Deus e rejeitado  anos depois ( Deus não se enganou e e nem se engana contudo,  nem ignorava o que iria acontecer, não é isso ). Saul foi rejeitado a cada reação dite das coisas de Deus, da Sua vontade, durante anos até a sua queda completa. Outro personagem de difícil análise: Judas Iscariotes. Judas rivalizaria com Paulo, nas possibilidades humanas, de status social diverso dos demais, educação, etc, Judas ocuparia o lugar de Saulo. Deus sabia o futuro, como sabe todo o futuro, mas a profecia sobre Judas não tinha o propósito de fazer Judas o traidor, mas de quando ele traísse ao Senhor, nós após os acontecimentos identificássemos o Senhor Jesus como o Messias prometido a setecentos anos atrás. Judas foi errando,errando a cada dia, manifestando o que era, um diabo segundo palavras do Senhor Jesus, tal a sua dubiedade, mentira, dissimulação.

Essa individualidade é claramente manifesta todas as vezes que seres humanos demonstram uma fé original, particular no Senhor, arrancando elogios do próprio Deus ( Jesus Cristo é Deus e Filho de Deus, portanto os elogios de Jesus são elogios da Trindade eterna e ponto final. Não relacionarei as passagens em que esses elogios culminado com cura da pessoa ou de terceiros se concretizaram mas Hebreus 11 traz a galeria do que, "pela fé", alcançaram méritos diante de Deus.

Se somos diferentes, não somos iguais inteiramente. Em provérbios lemos:  "Há justo que procede como injusto e injusto como justo", uma declaração aparentemente incoerente mas que de fato não o é. Podemos produzir ações, pensamentos, idéias e fé inteiramente individuais. Basta olharmos no mundo a diversidade de manifestações tanto no âmbito religioso como no secular e mundano. Na própria igreja como podemos inventar coisas, legítimas e bizarras. No mundo a variedade de pecados e bizarrices pecaminosas é imensamente grande. É a individualidade humana falando alto.

Deus reconhece essa individualidade e tem prazer quando acha uma fé acima das fés encontradas até mesmo em Israel. Deus amou o mundo, de tal maneira que não desistiu de nós, de nenhum de nós, de cada um de nós, e deu Seu Filho unigênito para que TODO aquele que nEle crêr , não pereça ( não seja condenado ao inferno eterno, goste você dessa idéia ou não  ) e tenha a vida eterna." ( joão 3:16 ).

Deus reconhece a individualidade de cada um de nós, e se agrada profundamente mais de uns do que de outros, até abandonando alguns na sua perdição ( basta olhar a volta, pecadores pobres e pecadores e blásfemos ricos, ateus, etc. ). Contudo Deus não faz acepção de pessoas no que diz ao arrependimento. 
Qualquer um, o mais emperdenido, o mais orgulhoso, o mais inimigo das coisas de Deus, se se voltar para Deus ao ouvir e atentar para a Sua Palavra, poderá e será recebido pelo pai, como na parábola do filho pródigo ( filho rico ) tendo os seus pecados cobertos, perdoados totalmente, contra toda lógica humana religiosa ou secular e será salvo e será ressuscitado no último dia. Deus não levará em conta os tempos da sua ignorância e esse será para Deus como um filho e Ele, Deus lhe será como Pai. Não há,por mais que nos esforcemos, religiosa, teológicamente para descrever de forma mais inteligível a obra salvífica a nosso favor, mas ela, a salvação em Jesus é real e efetiva, pra todo aquele que crê.

Calvinistas, renascidos são salvos pelo graça e nome do Senhor. Arminianos que amam ao Senhor e igualmente renascidos em Cristo, são salvos pelo mesmo Senhor. Podem brigar a vontade mas estarão juntos nos céus, não por mérito e sapiência, mas igualmente pela mesma graça. Católicos que não tiveram oportunidade de conhecer outra igreja mas creram na mesma verdade bíblica diluída entre tantas bobagens e se fixaram nela, repetida inúmeras vezes, que Jesus é o único Salvador, aquele que morreu pelos nosso pecados e que descansaram nessa verdade serão salvos. Os que negam o que Jesus diz de si mesmo, como os espíritas, estarão perdidos enquanto não crerem na verdade básica necessária, expressa na Palavra de Deus e romperem com toda a comunicação com espíritos, que de fato não sabem quem são, espíritos de mentiras e de negação a obra salvífica de Cristo.  

Deus nos conhece a cada um de nós. Não nos enganemos. Deus lhe conhece. Quem somos eu ou você diante de Deus? O que Ele acha de você? Pense em sabê-lo. Ore a Ele agora mesmo. Busque-O e o encontrará mediado pela Bíblia, a Palavra fiel de Deus.

Por Helvécio S. Pereira

UMA IGREJA CEGA, MORTA ESPIRITUALMENTE, É PRESA DE POSIÇÕES ILÓGICAMENTE CRISTÃS

Quem em sã consciência pode imaginar cristãos favoráveis à prostituição, pedofilia e outros desvios comportamentais? Pois bem, parte da igreja autodenominada cristã nos EUA com larga tradição histórica e teológica,boa parte de genuínas igrejas reformadas, apóia uma decisão, do ponto de vista cristão absurda, que a da legalização da maconha, numa proporção de 48% favoráveis e 44% contra. Boa parte do desequilíbrio pró aprovação vem do apoio do COIC ( conselho das igrejas cristãs da Califórnia ) com cerca de 51 denominações religiosas, que votam sim e ainda justificam o seu voto, contribuem financeiramente e divulgam o seu apoio na mídia.

Não se enganem, nessas igrejas há pregações fundadas em temas bíblicos, cantam hinos tradicionais, dos quais cantamos boa parte, confessam crer superficialmente nas mesmas coisas  e são lugares de aprazíveis  relações sociais e de fomento de amizades sinceras, de modo que o visitante brasileiro irá se sentir em um ambiente humano muito recomendável, mas não se enganem, estão mortas espiritualmente e distantes da vontade de Deus e nem por hipótese parecem ouví-Lo mais. 

Veja agora  as últimas notícias relacionadas a esse assunto:





Se o “Sim” sair vencedor, a droga poderá ser comercializada em pequenas quantidades sob a fiscalização do governo, que também cobrará impostos.
Dessa forma, a Califórnia se tornará o primeiro Estado onde os americanos poderão plantar, consumir, comprar e vender cigarros de maconha. O uso medicinal da erva já é permitido por lá desde 1997, além de ser permitido em outros 13 Estados.
Os defensores da proposta não vêem diferença entre os malefícios dos efeitos da maconha em relação aos do álcool, que é legalizado no país. Já os opositores dizem que o projeto de lei não é claro e que os usuários da droga farão aumentar os acidentes nas estradas californianas.
A briga está apertada: 48 % dos eleitores são a favor e 44% se mantém contra. Caso a legalização seja aprovada, a Califórnia confirmará ainda mais a fama como o Estado que mais inova e dita tendências nos EUA.

Fonte: R7.com

sábado, 30 de outubro de 2010

POSSIBILIDADE REAL

Lemos em João 5:14



Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: 


Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior.

Há recorrentemente uma abordagem que fatalmente termina em discussão e ruptura de idéias no que concerne a alguma eventual possibilidade do ser humano ter alguma participação na concretização de seu futuro. Quase sempre recorre-se a um volume imenso de citações, idéias, teses, leituras, compreensões e uma palavra de uso novo "entendimento". Cada pessoa entende o que acha que deva ser entendido. O dar nomes aos animais do campo ( ordem de Deus a Adão ) é entendido como dar vida aos animais do campo. Toda idéia, compreensão, ponto e vista, se materializa e se torna real ao ponto de poder matar-se ou morrer por ela. Me aborrece o fato de em não sendo calvinista ser automaticamente arminiano. Sei o que a maioria das pessoas sabem sobre Calvino e sobre Armenius, com algumas variantes menores, mas se não soubesse nada sobre esses dois homens especiais que expressaram uma fé especial nas Escrituras e no Deus das Escrituras, a Bíblia, a única e genuína Palavra de Deus, que tiveram papéis fundamentais em suas respectivas épocas e lugares de forma benéfica para a igreja hoje, conhecê-los e partilhar suas idéias ( cá entre nós ) não faria falta alguma. 

As mesmas Escrituras estão aí diante de nós e mais disponíveis do que jamais tiveram, de fato guardadas as proporções até atrapalha. O grande número de calvinistas e arminianos ( não todos e nem a maioria )
incoversos e religiosos profissionais, cegos guias de cegos, que se sustentam ( vivem as custas das instituições vinculadas a um ou outro pensamento é imensamente grande. Pessoas que nem entram e nem deixam outros entrarem no reino ( me perdoem os sinceros, os regenerados, aos autruistas e aos que amam ao Senhor Jesus de todo o coração ).

A Bíblia está diante de nós, escancarada, pronta a revelar-nos o que precisamos ouvir, gostemos ou não, seja adequado ou conveniente aos nossos arcabouços doutrinários complexos e empedernidos, que não descrevem a Deus fielmente, nem a sua igreja fielmente, nem a seu Reino fielmente, mas os faz a imagem e semelhança de nossa particular e arbitrária compreensão para que nos sintamos bem com isso.

Não gosto muitas vezes do que a Bíblia diz sobre mim, sobre o homem, sobre a eternidade e sobre muitas coisas, já disse isso uma vez. Mas Deus não me deve satisfações e nem a nenhum homem ou outra criatura Sua. As vezes Ele no revela certas coisas por amor e pra nosso benefício como é o caso do texto e passagem registrada no início da postagem.

Não conheço quem tenha prazer em assistir "Paixão de Cristo" duas, três, quatro, cinco, vezes. É o melhor filme sobre Cristo, nosso Senhor e seu martírio por nós. Técnicamente bem feito, fiel aos fatos, terrível a mente. Basta assistí-lo uma única vez e nem o ateu mais empedernido conseguirá apagar as cenas de sua mente. essas o acompanharão até o dia do juízo como prova inconteste que de que alguém lhe falou sobre um tal Jesus Cristo.

Não há de fato como "gostar" do plano de Deus em matar-se a Si mesmo, matar o seu Filho unigênito em nosso lugar. Além de não entendermos totalmente mesmo como socorro da soteriologia não há como dizer a Deus: " é um belo plano...gostei mais da parte da cruz, etc, etc..."

Certamente Deus fez o melhor , da melhor maneira, da maneira mais eficaz, e nem Ele teve prazer em todos os episódios que envolveram a nossa redenção. Mas teologicamente tudo é prazeiroso, tudo é belo e os elementos mais terríveis parecem destaques e elementos de adorno num cenário terrível como foi o que evolveu a nossa desobediência, rebeldia, traição, negação mentirosa e ódio confessado a Aquele que nos criou a a todas as coisas. Isso não é belo, de modo algum, ainda que troquemos e adequemos melhor as cores desse cenário cósmico.

Pois bem, no texto em questão, após a cura de um certo homem ( leia a passagem na íntegra na sua Bíblia - João 5: 1 - 15 ) o Senhor Jesus adverte ao homem para que não incorra em novos pecados, que a primeira vista parecem ser os que possibilitaram o seu estado de doença, mas pode ser , de fato "novos e outros pecados" porém ligados ao mesmo estilo de vida.


1
DEPOIS disto havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém.
2
Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.
3
Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.
4
Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.
5
E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo.
6
E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?
7
O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
8
Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda.
9
Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado.
10
Então os judeus disseram àquele que tinha sido curado: É sábado, não te é lícito levar o leito.
11
Ele respondeu-lhes: Aquele que me curou, ele próprio disse: Toma o teu leito, e anda.
12
Perguntaram-lhe, pois: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito, e anda?
13
E o que fora curado não sabia quem era; porque Jesus se havia retirado, em razão de naquele lugar haver grande multidão.
14
Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior.
15
E aquele homem foi, e anunciou aos judeus que Jesus era o que o curara.

Bem, não importa, o que importa para nós de todos os tempos e épocas,é a lição da possibilidade de haver para aquele homem dois amanhãs, dois futuros: permanecer curado e a parir daí experimentar um avida de bênçãos futuras a partir do momento de sua cura ou mesmo a despeito da cura milagrosa, do encontro com o Senhor ( haveria privilégio maior ? ) experimentar uma situação pior, eu disse pior ( foi o Senhor mesmo que disse isso ao homem ) do que o estado de doença a limitação vivida antes da intervenção e socorro por parte do Senhor Jesus.

Essas duas situações não dependiam de Deus, mas da atitude dele, do homem. Se incorresse nos mesmos pecados, ou em outros talvez assemelhados e aos primeiros relacionados, algo pior lhe sucederia. As palavras do Senhor Jesus eram um aviso solene e pŕeciso. Não sabemos qual foi o futuro e o final da vida daquele homem, se esse obedeceu e deu ouvidos as palavras e aviso do Senhor. Mas uma delas certamente se cumpriu literalmente na sua vida, na vida daquele homem, como resultado da obediência ou da não obediência. Só dependeu dele certamente.

Chame a isso o que quiser teologicamente. Não é problema meu, de fato é seu, inteiramente seu. A sua teologia ( figurativamente ) pode degradar uma cura no dia de sábado, que pena, racha toda a sua arquitetura e ela parece ser tão importante. Lixe-se Calvino e Armenius, nobres defuntos. Acima deles as Escrituras, fato que eles mesmos concordariam hoje, viveram , lutaram, sofreram e morreram, por isso.

Eu e você temos a possibilidade de escolhas, limitadas é verdade, mas há claramente um escopo de escolhas que podemos e devemos fazê-las e ai de nós se errarmos nessas escolhas.||O perdido pode ir a Deus e não ser á rejeitado se decidir fazê-lo. Essa é a única e verdadeira mensagem do evangelho. Seja o Zaqueu que agora mesmo ache uma árvore que compense as sua deficiência por estatura, esquecendo o seu orgulho; o  ladrão da cruz que enquanto as horas e os minutos se  escoam inexoravelmente num leito de hospital só pode tomar uma entre muitas decisões: pedir ao Senhor que se lembre graciosamente de si mesmo; ou Madalena, liberta de não poucos  demônios e da prostituição, derrama em adoração o bem mais precioso que possuía, ganho até mesmo a custa do pecado, santificando o que não era santo e tinha uso para luxúria, um caro perfume nos pés empoeirados de Jesus contra todas as objeções lógicas de todos, do dono da casa, do ambicioso e racional Judas, dos religiosos e falsamente zelosos da época.

Deus não faz acepção de pessoas. A sua atitude determinará a sua aceitação ou não, a sua escolha ou não. Mas você está sendo chamado enquanto lê essas linhas,meras repetições e reflexões do que está lá a quase vinte séculos, na Bíblia, nas Escrituras. Se não é crente seja não como Tomé,incrédulos a princípio, mas crente. Se se considera calvinista ou arminiano, cá entre nós , não seja nenhum dos dois. Isso mancha a sua experiência e fé cristã genuína. Olhe o mundo e veja quantos que se dizem e confessam ser um e outro envolvidos em tanta coisa anti-cristã. A lista é extensa e não há como dizer, esse sim, esse não. Seja de Cristo acima e antes de tudo.Se mantenha puro, fiel, como os joelhos que são dobraram a nenhum Baal. O que não entender, não compreender algo não julgue, mas também não se comprometa. 

Não se assente na roda dos novos escarnecedores, os escarnecedores cristãos ( bem piores que os incrédulos ). Tenha a atitude do sábio Gamaliel, a verdadeira obra de Deus sobreviverá ao tempo ( e o tempo é de Deus com todas as implicações ). Tenha experiências com Deus. A religião tem experiências comunitárias, o filho de Deus tem experiências particulares embora inteiramente consoantes com as experiências verdadeiramente Bíblicas. 

Nas páginas da  Bíblia são encontradas salvação, libertação, prosperidade, socorro, sabedoria, profecia, línguas estranhas e, direção, promessas, cumprimento de promessas particulares, visões, revelações, etc Se o estrupício do seu pastor endurece com relação a alguma dessas coisas ao se bel prazer ou fidelidade denominacional, mande o as favas com seus interesses particulares, pois importa mais "obedecer a Deus que aos homens" e o Senhor será contigo. Pode-se dizer com bastante propriedade: "quem tem ouvidos para ouvir que ouça" em alto e bom som.

Por Helvécio S. Pereira

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

PERSEGUIÇÃO POR CONTRANGIMENTO

Está em progresso, via transformação cultural, ( embora muitos cristãos e crentes nem se dêem conta disso ) um tipo de perseguição, que embora seja aparentemente inofensiva pode tomar proporções alarmantes e para a qual cristãos não saberão de pronto se defender, e dada a forma de pensar humanista pós moderna não haverá que não sendo cristão, os defenda.

Atenção para a notícia seguinte:

Evangélica é processada por preferir dividir quarto com uma pessoa cristã

Por Redação Gospel+ em sexta-feira, 29 outubro 2010

Quando uma mulher solteira de 31 anos da cidade de Grand Rapids, Michigan (EUA) colocou, no quadro de avisos de sua igreja, um anúncio em busca de uma companheira de quarto cristã, ela não tinha ideia alguma de que seu anúncio acabaria causando uma queixa por violação de direitos civis 


Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O Centro de Moradia Justa de West Michigan, uma organização particular, disse que a declaração que especificamente pediu uma companheira de quarto cristã “expressa preferência ilegal por uma companheira de quarto cristã, excluindo assim pessoas de outras religiões”.


O Fundo de Defesa Aliança, que é uma organização evangélica, assumiu a defesa do caso da mulher, e enviou uma carta na semana passada para a Secretaria de Direitos Civis de Michigan requerendo que o que eles chamaram de “queixa sem base” fosse imediatamente anulada, mas a secretaria ainda não deu nenhuma resposta.


“Os cristãos não deveriam viver com medo de serem punidos pelo governo por serem cristãos. É completamente absurdo tentar punir uma mulher cristã solteira por buscar, a nível particular e em sua própria igreja, uma companheira de quarto cristã – uma atividade obviamente legal e protegida pela constituição”, disse Joel Oster, principal assessor jurídico do FDA. “Não satisfeitos de apenas trancar os cristãos e suas convicções nas quatro paredes de sua igreja ou lar, algumas organizações querem também invadir essas paredes e impor mediante força suas próprias ideias neles”.



A carta do FDA explica que a mulher “não é proprietária de uma casa para alugar. Ela não possui uma empresa imobiliária. Ela não administra um prédio de apartamentos. Ela é apenas uma mulher solteira buscando uma companheira de quarto para viver em sua casa. A lei federal e a lei estadual não a proíbem de buscar uma companheira de quarto cristã… Mas se a lei for aplicada contra ela para interferir no direito de ela viver com uma companheira cristã, tal ação seria violação óbvia dos direitos de Primeira Emenda dela à liberdade de associação”.
Fonte: Life Site News / Gospel+
Traduzido por Julio Severo
Via: www.guiame.com.br

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A IGREJA DE CRISTO É ESPIRITUAL E QUANDO A IGREJA INSTITUCIONAL, LOCAL, DEIXA DE SER ESPIRITUAL DESMORONA

Talvez eu seja um dos poucos ( não por virtude  mas por manter-me desvinculado de confissões próprias, denominacionais, tutoradas por teologias específicas, etc. ) a reconhecer os passos de Deus em várias denominações cristãs evangélicas, embora reconheça que nenhuma seja digna de uma defesa, de uma paixão e de um vínculo maior e mais real do que com o próprio Senhor. Dessa forma nenhum escândalo na igreja visível me abala. De fato nem me coço. Me alegro com os acertos, com almas com vidas transformadas, com novas pessoas amando ao Senhor. Embora conheça relativamente bem ( para o gasto ) as diferenças doutrinárias, as práticas, as formas de governo, as lideranças e as ênfase em cada uma não entro em questões satélites com nenhum ardor. Defendo e alegro os acertos contra os erros segundo a ótica de Deus.

Determinada igreja não tem milagres? Esse pastor é apenas  um cego guiando outros cegos, isso para ser delicado. Determinado pastor lê uma pilha de livros e escreve seus sermões plagiados nesses mesmos livros e sermões sem ouvir a voz de Deus? É surdo falando a outros surdos. É apenas um teólogo profissional sem a paixão e sede pessoais acerca da Palavra de Deus? coitado dele e dos que o seguem. Sua posição teológica é de uma facção,de um]grupo a quem respeitosamente concorda e bajula? Jamais soube os caminhos de Deus. Quem o segue estará com a mesma atitude. Seguindo a um grupo e não ao seu Senhor.

Homens e mulheres de Deus podem iniciar uma obra grandiosa e depois  como tempo começarem a produzir erros. Aquele que arranca elogios de Deus não está livre da corrupção pelas circunstâncias, um bom exemplo disso é o outrora sábio rei Salomão. Talvez para que a última glória não seja nossa, mas não por culpa de Deus, mas nossa, até algo legítimo pode desabar anos depois, por nossa própria tendência pecaminosa,por uma presunçosa segurança em não necessitarmos mais da direção e do suporte de Deus. Isso é bastante real e acontece uma ou outra vez, de fato é algo recorrente, e pode acontecer de novo com qualquer líder,com qualquer um que esteja hoje fazendo grandes coisas para Deus e amanhã a sua obra comece a perder o brilho adquirido pela espiritualidade cultivada no passado e hoje perdida.

Por Helvécio S. Pereira

Veja a notícia abaixo:


Disputa por sucessão e dívida tomam conta de megaigreja americana
Posted: 27 Oct 2010 11:00 AM PDT

Catedral de Cristal, em Garden Grove, Califórnia, está envolta em disputa familiar e possui dívida de US$ 43 milhões.
As 10.664 janelas da Catedral de Cristal, a famosa igreja de vidro fundada pelo Reverendo Robert H. Schuller como uma das primeiras empresas de radiodifusão religiosa, não foram lavadas este ano. Voluntários cuidam dos 40 hectares de jardins da igreja, agora que os jardineiros foram despedidos. O império que Schuller construiu pode estar em perigo, manchado por uma disputa familiar e uma dívida de US$ 43 milhões que, mesmo para os padrões de uma megaigreja, é grave.
A Catedral de Cristal pediu proteção contra falência na semana passada

Quando a Catedral de Cristal pediu proteção contra falência na semana passada, Sheila Schuller Coleman, pastora sênior e filha mais velha de Schuller, culpou a crise econômica.
Mas a igreja estava com problemas muito antes da crise econômica, de acordo com fiéis e membros da família entrevistados na semana passada. A instituição já estava sofrendo com a sucessão fracassada de Schuller, projetos de construção vaidosos demais e mudanças na indústria de radiodifusão religiosa.
Quando Schuller anunciou em 2006 que entregaria o púlpito para seu único filho, o reverendo Robert A. Schuller, a igreja já tinha uma enorme dívida por conta de seu projeto de construção. Mas, em pouco mais de dois anos, o filho foi descartado antes que realmente tomasse as rédeas da igreja e algumas de suas irmãs tomaram conta com seus maridos.


Briga de família

A briga de família deixou a igreja sem uma liderança clara no momento em que seus programas precisavam urgentemente de uma reforma para atrair uma nova geração de seguidores.
Em risco está o legado de Schuller sênior, que aos 84 anos ainda prega seus sermões com sua famosa marca de otimismo e inspiração cristã. Seu programa de domingo, A Hora do Poder, foi transmitido por 40 anos e foi o programa religioso semanal mais assistido por mais de uma década nos Estados Unidos.
Quando o jovem Schuller tomou as rédeas em 2006, o público da igreja estava diminuindo, obscurecido por pregadores com um formato mais contemporâneo. Enquanto isso, a audiência de A Hora do Poder – responsável pela maior parte da renda do ministério – também encolhia.
Os problemas pioraram quando o jovem Schuller tentou instituir regras básicas de bom gerenciamento usadas por muitas organizações sem fins lucrativos. Ele queria tirar qualquer um com conflito de interesse da diretoria. Isso significava derrubar alguns dos seus familiares.


Golpe

O golpe veio em julho de 2008. Schuller disse que foi informado que sua pregação não era "abençoada". Um trio de presidência – do qual dois membros eram seus cunhados – foi criado para liderar a megaigreja. Ele recebeu o papel limitado de pastor da congregação local e foi removido da pregação de A Hora do Poder. E se demitiu.
O papel principal de pregação de A Hora do Poder é agora preenchido por um elenco de convidados. Em 2009, Schuller Coleman foi feito pastor titular da Catedral de Cristal.
Eles planejam em breve transmitir um programa de pregação com um novo membro da terceira geração de Schullers no ministério: Robert V. Schuller, neto do fundador da Catedral de Cristal e filho de Robert A. Schuller. O neto lidera uma congregação em crescimento voltada para um público mais jovem.

Notícias Cristãs com informações do The New York Times/Último Segundo

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A REALIDADE QUE DEVE SER CONHECIDA: "CRENTES" A FAVOR DA MACONHA

Márcio José Sanchez/APMárcio José Sanchez/AP
Trabalhador colhe de maconha para usos medicinais no interior da Califórnia; para alguns religiosos, fumar não é pecado


Nós brasileiros somos as vezes subservientes ao pensamento estrangeiro, notadamente americano. Isso se dá em todas as áreas e a igreja evangélica brasileira e crentes individuais, não fogem a isso. Muitas vezes, na maioria das vezes, um pastor, um pregador estrangeiro, embora aparentemente esteja citando a Bíblia e escrevendo livros com temas familiarmente evangélicos, pode ter uma visão cristã do mundo totalmente diverso.

O Conselho de Igrejas da Califórnia nos EUA reune cerca de 51 denominações ou igrejas cristãs com o objetivo de trabalhar em prol da sociedade na chamda ação humanitária. Abaixo a lista das igrejas relacionadas ao CIC:








Denominações Membro 

Igrejas Batistas Americanas
  • Americana Igrejas Batistas do Oeste
  • Região Sudoeste do Pacífico
Igreja Metodista Episcopal Africano
  • Quinto Distrito Episcopal
Igreja Metodista Episcopal Sião Africano
  • Diocese ocidental da Igreja Armênia
Igreja Metodista Episcopal Cristã
Igreja dos Irmãos
Igreja Cristã (Discípulos de Cristo)
A Igreja Episcopal
Igreja Ortodoxa da Etiópia
Igreja Evangélica Luterana na América
Igreja Ortodoxa grega
Independente Igrejas Católica Internacional
  • Presbitério de Los Ranchos
  • Presbitério do Pacífico
  • Presbitério das Sequóias
  • Presbitério de Riverside
  • Presbitério de Sacramento
  • Presbitério de San Diego
  • Presbitério de San Fernando
  • Presbitério de São Francisco
  • Presbitério de São Gabriel
  • Presbitério de São Joaquim
  • Presbitério de São José
  • Presbitério de Santa Bárbara
  • Presbitério de Stockton
  • Serra Parceria Missão
  • Sínodo do Pacífico
  • Sínodo do Sul da Califórnia e do Havaí
Igreja Reformada na América
  • Northern California / Nevada
  • Southern California / Nevada
Igreja Metodista Unida
Fraternidade Universal das Igrejas 
da Comunidade Metropolitana
Mulheres Igreja Unida
Conselho do  Clero  Ortodoxo

E qual a importãncia dessa informação? 

Bem, no Brasil muitos reclamam  da grande diferença teológica advinda da prática denominacional, o que é verdade e com boa dose de influência da teologia americana. Porém aqui as discussões e a pratica divergente é espiritual enquanto lá a acomodação teológica e a descrença prática na Bíblia, é trocada por ideais humanitários, fortemente influenciados pelo humanismo.


O resultado é que se vê na notícia e nos fatos seguintes:



Para o Conselho de Igrejas da Califórnia, fumar maconha não é pecado. Mais que isso: o grupo, que reúne 51 denominações, a maioria evangélicas, apoia a Proposição 19, para legalizar o uso e comercialização de maconha no Estado americano.
Para Elizabeth Sholis, que disse já ter fumado maconha “apenas uma vez”, o conselho não incentiva os fieis a usar nenhum tipo de entorpecente. A questão, segundo ela, é que a atual política de guerra às drogas não funciona.
Elizabeth diz que, em vez de expor os jovens ao mundo do crime e dos traficantes, é melhor regular o consumo das drogas.
R7 - Por que vocês resolveram apoiar a legalização?
Elizabeth Sholis -
 Nós avaliamos várias questões. Primeiro, nós consideramos o comportamento ético de muitos políticos, e vários tentam transformar a questão num caso moral. Além disso, o consumo de álcool é permitido, e a maconha tem efeitos semelhantes. Mas a principal questão é que a repressão ao uso de maconha simplesmente não funciona. O que vemos é o crescimento da violência em comunidades mais pobres, em virtude do narcotráfico. E isso também tem reflexos no México [que vive uma guerra entre narcotraficantes]. Diante disso, concluímos que o melhor é regular o uso da maconha. R7 - Vocês representam 51 igrejas cristãs. Para muitos religiosos, o uso de drogas é considerado pecado. Vocês ouvem esse tipo de argumento ao defenderem a legalização?
Elizabeth - 
O ponto é que as pessoas consomem maconha. Obviamente, temos reservas quanto ao uso. Mas nossa tradição é de autorregulação. Isso serve até para a comida. É preciso consumir com prudência. O ponto é que o problema existe e a gente precisa lidar com isso. E a guerra contra as drogas não está funcionando. Não vamos dizer para ninguém: ‘Vá e fume sua maconha’. O que queremos é que o uso da maconha tenha o mesmo tratamento que o uso de álcool. Queremos é dar um novo peso às coisas. Adianta prender um rapaz porque ele fuma? 

R7 - Mas a legalização também não traz riscos?
Elizabeth - 
É claro que haverá quem vá sonegar a lei e os impostos. Mas o que queremos é que, se alguém resolver consumir, não compre isso de um traficante e fique exposto a uma situação de insegurança e violência. R7 - Outros Estados podem seguir o exemplo da Califórnia?
Elizabeth - 
Pode ser. A Califórnia é vanguardista em várias questões. Se funcionar por aqui, é possível que outros lugares mudem suas leis. R7 - A senhora já fumou maconha?
Elizabeth -
 Uma vez, apenas uma vez. Mas não estou defendendo o uso e, sim, a mudança na legislação.



Fontes: /www.calchurches.org/ R7.com

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos