SANDI PATTY LOVE IN ANY LANGUAGE

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PRÉ CONHECIMENTO E PREDESTINAÇÃO BÍBLICA

Não vou pessoalmente discorrer entre esses dois conceitos bíblicos importantes e fonte de não tão pouca controvérsias. Farei isso na continuação de uma postagem anterior a qual darei prosseguimento após reflexões e estudos e conversas com vários irmãos, de mesma e de diferentes opiniões.


Dr. Vic Reasoner fala sobre o assunto no texto abaixo:

Rm 8.28-30 traça o propósito realizado de Deus pela ordem em que ele foi cumprido. Cada verbo nesta ordem de salvação está no tempo aoristo, o que refere à ação concluída. Todavia o plano de Deus pode ser anulado em qualquer ponto, exatamente como os seis passos da responsabilidade humana em Rm 10.14-17 ou a seqüência de Rm 5.3-5.
Temos escolha e devemos continuamente nos submeter ao seu propósito. Paulo “fala como quem olha da perspectiva do alvo da corrida da fé,” escreveu Wesley.[1] A salvação final é analisada do início ao fim, conforme vista da perspectiva divina.
Enquanto o plano de salvação é certo, a segurança do crente é condicional. Não pode ser deduzido que todos que começam irão terminar. Antes, aqueles que terminam percorrerão esta seqüência. Wesley explicou que Paulo “não afirma aqui, e nem em qualquer outra parte dos seus escritos, que precisamente o mesmo número de pessoas é chamado, justificado e glorificado. Ele não nega que um crente possa cair e ser cortado entre seu chamado especial e sua glorificação (Rm 11.22). Nem nega que muitos são chamados e nunca são justificados. Ele só afirma que este é o método pelo qual Deus conduz, passo a passo, para o céu.”[2]
Todavia, desde o tempo de Theodore Beza, o genro de Calvino, estes cinco verbos de Rm 8.28-30 foram considerados uma cadeia inquebrável. Deus pré-conheceu, predestinou, chamou, justificou e glorificou. Em 1591, William Perkins escreveu A Golden Chain (Uma Cadeia Dourada), que foi dedicado a Theodore Beza e que continha “a ordem das causas da salvação e da danação.” Este livro traçava a ordem da salvação a partir dos decretos eternos até a consumação final de todas as coisas. A doutrina da dupla predestinação era central. Perkins alegava defender a doutrina calvinista que “ele [Deus] ordenou todos os homens a um estado certo e eterno: isto é, para salvação ou para condenação, para sua própria glória.”
Logo em 1612, Arminius refutou esta cadeia lógica de Perkins. Perkins afirmava que o fracasso do crente em perseverar significava que sua fé era somente temporária e portanto ele não era eleito. Arminius argumentava que sua própria doutrina não era, efetivamente, diferente da de Perkins; que o crente pode realmente “cair daquela mesma graça por meio da qual Deus o recebe para a vida eterna.”[3] De acordo com Perkins e Arminius, se o crente não persevera, essa pessoa prova ser um não-eleito. A diferença é que Perkins ensinava que os crentes perseveram porque foram eleitos. Arminius ensinava que Deus elege os crentes que ele sabe de antemão que irão perseverar. Dessa forma, a cadeia lógica não é determinística.
Colin Williams escreveu que a ênfase de Wesley na doutrina da graça preveniente quebrou “a cadeia de necessidade lógica” que parecia ser a conseqüência inevitável da doutrina do pecado original. Em suas controvérsias sobre a predestinação incondicional, Wesley muito freqüentemente empregava este conceito de graça preliminar, capacitante.
Todavia, apesar de que os calvinistas prosseguem ensinando que Rm 8.28-30 constitui uma cadeia dourada, que não pode ser quebrada, por sua própria definição a cadeia na verdade tem somente um elo.
Em primeiro lugar, eles confundem pré-conhecimento com predestinação. Fredrick Godet explicou que, se o “pré-conhecimento” significasse destinar de antemão, então o pré-conhecimento teria o mesmo significado que “predestinar” no v. 30. Então, a partícula “também” não carregaria a implicação de uma transição de um nível ao próximo.
John Murray tentou salvar a pressuposição calvinista declarando que havia uma distinção entre as duas palavras. Murray disse que, enquanto pré-conhecimento significa escolher, “ele não nos informa o destino para o qual são apontados aqueles que são escolhidos.” De acordo com Murray, predestinado supre esta informação ausente. Todavia, é ilógico defender que Deus escolheria sem algum propósito em mente. Murray não conseguiu evitar a conclusão que ambas as palavras equivalem à mesma coisa, se a definição calvinista for aceita.
Em segundo lugar, James Montgomery Boice declarou que o chamado de Deus é um pacto irrevogável. Em seu comentário sobre Rm 11.29, Boice escreveu que “chamado” é sinônimo de predestinação ou eleição. O terceiro elo na cadeia dourada é o chamado de Deus. Agora é também confundido, de forma que qualquer que seja a palavra usada, se pré-conhecimento, predestinação, eleição ou chamado, o significado continua sendo determinístico.
Em terceiro lugar, John Murray escreveu em Redemption Accomplished and Applied (Redenção Consumada e Aplicada) que faz pouca diferença se o chamado eficaz ou a regeneração vem primeiro. Logicamente, os eleitos foram salvos quando no conselho de Deus ele decretou sua escolha. A fé, então, é a revelação dessa eleição e ela vém após a regeneração. Dessa forma, o terceiro e quarto elos, chamado e justificação, são confundidos. J. Agar Beet levantou uma pergunta válida quando perguntado se a salvação era pela fé ou pelo decreto. Ele escreveu,
Alguns supõem que, embora a salvação seja proclamada a todos que crerem, Deus secretamente resolveu conceder, apenas a uma porção da raça selecionada por Ele mesmo, aquelas influências sem as quais o arrependimento e a fé são impossíveis. Se este for o caso, a salvação é limitada, não pela incredulidade do homem, mas, na verdade, pelo propósito eterno de Deus.
Finalmente, visto que o ensino calvinista sobre a perseverança dos santos afirma que a salvação ou glorificação final, o quinto elo, é incondicionalmente assegurada àqueles que são justificados, o quarto e quinto elos são confundidos.
Assim, para os calvinistas, a cadeia dourada na realidade tem somente um elo. A salvação é por decreto; predestinada aos eleitos. Também não há qualquer cadeia dourada da salvação para os reprovados. Somente um cadeado de ferro.

Tradução: Paulo Cesar Antunes


[1] John Wesley, Romanos: Notas Explicativas (São Paulo: Editora Cedro, 2000), 64.
[2] Ibid., 64.
[3] James Arminius, Works, 3:460.

Fonte:            http://www.arminianismo.com
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos