COME TO ME

sábado, 31 de julho de 2010

SEREMOS DE FATO COMPLEXADOS, ATÉ OS CRENTES?

O querido irmão Jorge F. Isah, em de seus blogs, em uma de suas postagens, disse que estaria mechendo em caixa de moribondos, ou expressão assemelhada, ao fazer determinadas reflexões. Não é de hoje que reparo o gosto quase unânime por autores estrangeiros, especialmente de nomes inglêses, destacando-se entre todos os possíveis autores estrangeiros. Isso é verdade nas faculdades, nas várias esferas acadêmicas e áreas do conhecimento. Só não é verdade no ensino básico pois o  analfabetismo, de fato ou o circustanciado, é de fato crasso ,impossibilitando que haja leitores que decifrem textos na própria língua portuguesa, ainda que simples, ainda que um bula de remédio conforme mostrado em recente reportagem jornalística.    

Fato é que boa parte dos crentes são insconcientemente arrebatados por esse tipo de sentimento quase imperceptível, especialmente os que buscam mais formação e informação. Afinal somos os melhores do mundo ( éramos até essa copa ), a nossa famigerada seleção agora é a segunda do ranking, e os nossos campeões de foma 1, de fórmula Indy, as montadoras, e até os pilotos, na verdade têm sua ascendência na velha Europa, embora no fundo só os índios sejam verdadeiramente brasileiros. Isso sem passar pela modelo mais bem paga do mundo, da apresentadora que mais fatura em direitos autorais pelo Ecad, etc.

Minha esposa formou-se em teologia e adivinhem, os professores diziam que os melhores autores eram estrangeiros e católicos. Claro que não sou ingênuo e nem revoltado gratuito, para não compreender as razões até naturais para tudo isso, mas dai a ter esse comportamento sem saber o porquê, é que é o grande problema.  

Mas há ainda outras implicações mais sutis e graves. Uma pessoa tem a sua origem em uma cultura específica, lá identifica os problemas e toma partido por coisas positiva em oposição a outras negativas. Esse processo dinâmico é correto e plenamente natural  na vida de qualquer um de nós e consiste de interação e conflitos com tudo que está a sua volta. Uma sociedade, mesmo que copie muita coisa de outra e até aprenda com outra nunca será um cópia exata da mesma. Nós brasileiros somos cópia de muita coisa, na verdade quase tudo, o nosso comportamento é o genérico do genérico do que outras culturas produziram legitimamente, tanto boas quanto ruins.

No que respeita o evangelho é a mesma coisa. Os missionários europeus e americanos nos trouxeram a boa dádiva do evangelho bíblico e foi uma benção e foi ótimo para nós como povo que o aceitou. A igreja na América e na Europa segui o seu caminho, denegriu-se e continua um processo de degeneração bíblica terrível. Lá também há excessões, sendo produzida uma espiritualidade e crescimento no conhecimento de Deus atráves de estudos e práticas piedosas a serem imitadas, mas esse universo não é tão fácil, na verdade de se reconhecer.

Naturalmente deve-se saber que duas ou mais igrejas presbiterianas  ou batistas, luteranas, não são exatamente iguais em dois países de culturas diferentes e de história diferentes. Todas as decisões e posicionamentos são baseados em última instância nas nossas cosmovisão construída a partir de toda uma vida no lugar e na cultura em que vivemos. Talvez, ou melhor certamente, por isso Deus ordenou a Abraão ue saísse da sua terra e do meio de sua parentela, ou seja de sua cultura. Isso explica o afastamento espiritual do evangelho que seus antepassados ouvira, creram e pregara, e em nome do qual construíram denominações sólidas e ricas com belos templos mas que hoje consultam delegados e representantes da denominação para decidirem se casarão pares de homossexuais ou não. Não justifica mas explica. Da mesma forma um livro escrito por autor cristão que não tem diante de si a igreja brasileira, o povo brasileiro, dependendo do tema construirá no leitor uma compreensão semelhante a do autor original na sua cultura, alienada portanto da realidade que o crente brasileiro viva. Claro que há temas universais, temas teológicos essencialmente bíblicos.

Muitos pastores bem intencionados, mantém a sua fé e suas indagações de olho no que pastores e crentes de outras culturas escreve, falam, produzem, indagam, etc. Não digo que deva-se trocar uma coisa por outra, de repente adotarmos os mal formados e pseudo escritores teológicos brasileiros, muitos deles que nem escrevem os seus próprios pensamentos, já que nem são capazes de organizar para simples registros os seus próprios sermões.

Basta olhar a lista de livros de quem positivamente se aplica a estudos e leituras teológico-evangélicos a lista de "Johns", Davids", "Michaels","Marys", "Edwards" e mais um monte. 

Claro que se há um bom tema e uma reflexão exemplar, deve-se lê-lo com certeza, mas é muitas coincidência, por muito tempo. Entre em uma grande livraria evangélica e contabilize o número de autores, a lista de livros, a variedade de temas abordados, o número de páginas por livro e veremos que autores brasileiros escrevem temas mais simples, livros menores, estão em local de menor destaque e são menos citados por seminários, pastores e crentes em geral. Nem sempre a culpa são dos autores e das editoras que tem que ter certeza que o seu investimenrto terá retorno inclusive para manter o seu ministério de ensino e divulgação da fé, mas do público de leitores cristãos-evangélicos que prefere ler um livro estrangeiro, claro que traduzido em nossas praias.
Não estou contra  nem lançando uma cruzada em defesa dos direitos de publicação de livros evangélicos brasileiros ainda que sejam  definitivamente ruins. Não se trata disso, mas fato é  que semelhantemente a baixa auto estima do mundano, os crentes sofrem muitas vezes das mesmas mazelas, que no caso, o que faz que se compre um produto de marca ( tênis, calça, blusa ) fato até compreensível

Você pode estar dizendo: isso não existe!  Digo porém que esse não é o nosso último problema e quem acha que  as coisas são assim tão puras, tenho um papo mais  sério  na próxima postagem. É claro, e quem se arrisca a fazê-lo, como escritores da velha guarda e blogueiros em tempos de web 2.0, que escrever seja exatamente algo não é fácil, seja sobre qualquer assunto, seja por qual objetivo. É de fato complexo e raramente se atinge com perfeição os objetivos alcançados, por várias razões. Erra-se no tema, erra-se na exposição do assunto, erra-se na linguagem, no estilo, erra-se no posicionamento em relação ao assunto e no caso de crentes-evangélicos, escrevendo com o objetivo de intervir na obra de Deus ( espera-se positivamente ) somos passíveis de erro por não termos aprendido o suficiente para nós mesmos. Pode
-se, de fato, escrever " em nome de Deus" sem conhecer a opinião de Deus e sem, portanto o seu assentimento.     


Espero que os possíveis leitores brasileiros e estrangeiros, não compreendam mal as minhas colocações. O conhecimento é de fato universal como devem ser a pregação e o conhecimento do evangelho. A questão para crentes brasileiros a incorreção em um comportamento banalizado em todas as demais áreas do consumo.  Notem que não consumiríamos tranquilamente produtos com marcas em português como Tvs "ABC", tênis "RIO", motos "SILVA" ( para quem não sabe "Honda" é sobrenome do fundador da fábrica ).
Imagine se o carro mais xique, de quatrocentos mil reais, fosse " SILVA PEREIRA", rs, rs, rs...Mas todos, se pudessem teriam um "Mercedes-Benz".

Esse comportamento explicável e até justificado por várias razões, é que não pode, não deve, ser incorporado inconscientemente pelo cristão-evangélico-brasileiro. E não é o único alimentado no dia a dia sob a capa e o verniz de uma vida cristã diferente do mundano. Não é um "pecado" mas mostra que muitas vezes somos tão iguais aos de fora, embora nos gabemos de sermos tão diferentes e superiores a não-cristãos.  

Isso explica o fato de que alguns pregadores ao pregarem as suas mensagens pregam para uma outra plateia e não a sua, pegam para si mesmos, alimentando o seu ego,o seu evangelho não é para os outros mas para si mesmos.  Não reconhecem o seu público, a sua gente, com as suas demandas e aspirações e como  foram construídas a sua cosmovisão, e que muito dela permanecerá após a conversão. Afinal o novo convertido, embora nascido de novo, continuará a falar a sua língua pátria, a ter um comportamento relacional baseado essencialmente na sua cultura, na sua classe social, com as demandas e exigências de sua sociedade, driblando as mazelas e os pecados de sua sociedade, evitando-os e aspirando coisas passíveis e serem do agrado de Deus dentro desse mesmo universo e caldo cultural.

Na próxima postagem, seguindo o excelente exemplo do irmão Jorge F. Isah, que possui três blogs e um deles destinados a análises de publicações cristãs, mas sem imitá-lo falarei de coisas que tenho lido e sugerindo publicações brasileiras, de autores brasileiros, mas não só, mas também. Até lá então.

Ah, falta ainda "matar a cobra e mostrar o pau". Casualmente encontrei na web, em um blog cristão um comentário de um irmão, que é exemplar, no que concerne a sua influência por opiniões de autores de outra cultura, de outros embates, e a falta de critério para relacionar essa leitura com a igreja cristã brasileira. Por razões óbvias não cito a pessoa e nem o blog em questão, o que fugiria ao propósito dessa reflexão. Veja-o abaixo:

"...tem um cara que a muito tempo já falou disso e inclusive de outra coisa que aparece no do Francis Collins: A Teoria da Evolução não é Anti-Cristã como propagam as mesmas igrejas Evangélicas no Brasil. Eu comprei o livro do C.S.Lewis recomendado por Francis Collins, o "Cristianismo puro e simples" e senti um alívio tão grande por não precisar abandonar a ciência e a racionalidade depois de abraçar Jesus Cristo que é indescritível. Vale a pena!"
                                                                                                                                                                 
É evidente, que o comentário do irmão, tem coisas positivas e negativas e ambiguidades, passíveis de por si só serem analisados em outro momento.
Por Helvécio S. Pereira





De vez em quando, um ou outro anúncio completamente divergente da fé cristã evangélica é veiculado oportunamente em nosso blog. Trata-se puramente de um mecanismo do Google de incluir anúncios que se interrelacionem com o tema e assuntos abordados no blog. Trata-se algo normal, desde que aceitamos a possibilidade de adição de anúncios em troca, da gratuita possibilidade desse serviço na web que leva as nossas reflexões a milhares de pessoas. Se você é um crente saberá desconsiderá-lo. 





LEMBRE-SE: NÃO HÁ OUTRO NOME DADO NOS CÉUS OU DEBAIXO DOS CÉUS PELO QUAL DEVAMOS SER SALVOS. PORTANTO JESUS CRISTO É O ÚNICO MEDIADOR ENTRE DEUS E OS HOMENS. QUE VOCÊ CONHEÇA ESSA VERDADE E FAÇA DELE  ( JESUS CRISTO ) A ÚNICA PESSOA E O ÚNICO NOME ATRAVÉS DO QUAL DIRIGIRÁ SUAS ORAÇÕES A DEUS O PAI. DEUS O ABENÇOE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos