COME TO ME

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

A TEOLOGIA E A COMUNHÃO ( COM DEUS )

Essa postagem não aborda elementos da teologia católica e o sacramento da  comunhão católica romana. é mais amplo, relaciona com a fé cristã, independentemente da igreja, da denominação, da seita.Trata do conhecimento e organização da fé baseada na mediação da teologia, como conhecimento sistematizado acerca de Deus, particularmente do Deus bíblico, judaico-cristão e o relacionamento pessoal do ser humano com esse mesmo Deus. Percorreremos a Bíblia, as Escrituras nessa meditação, nessa reflexão.

Para que não haja uma má compreensão do que digo, deixo exclarecido que não sou contra o conhecimento acadêmico tão necessário e capaz de prover as capacidades ideias para pesquisa e reflexão e nem contra o conhecimento teológico cristão evangélico e que  a falta e não provimento do mesmo como adequação mínima depõe não poucas vezes contra o ensino, a pregação e a argumentação em defesa da Palavra de Deus. Contudo vale ressaltar que o conhecimento acadêmico e teológico por ser circustancial não o garante uma vida de comunhão e plena realização da vontade de Deus. Essa é a razão e a linha principal dessa reflexão pautada no que encontramos registrado na Bíblia, a qual cremos ser a genuína e única Palavra de Deus.

Comecemos pelo livro de Gênesis, o livro dos princípios, das primeiras coisas. O primeiro homem e a primeira mulher tinham, digamos, um conhecimento "teológico": sabiam que Deus existia, que esse Deus era um Deus pessoal e relacional e que nessa relação com eles , o homem e a mulher, lhes mostrava a criação, lhe dava ordens, estabelecia princípios e limites, de fato  tudo que na prática a teologia organizada como conjunto de informações nos transmite sempre. Satanás colocou em dúvida exatamente esse conhecimento, digamos teológico de Deus. Satanás não disse Deus  não existe, vocês imaginam que Ele lhes fala, que ele aparece a vocês. Deus é apenas uma projeção feita pela mente de vocês. Não Satanás acrescentou apenas uma informação sem negar parte do que Deus havia dito, dizendo (Satanás ) " não é assim".

Alguém conhece a Palavra de Deus, e no primeiro momento é apenas um ser humano arrependido e grato mas tempos depois, alguns anos, e orgulhoso, sua fé não é simples e ele duvida e faz reparações exatamente a mensagem ouvida inicialmente, aquela que únicamente o colocou em comunhão com Deus. Alguém  ou as circunstâncias novas, cargo na igreja, status de crente veterano, etc, lhe tenham sugerido: " não é assim".

O próximo personagem bíblico objeto  de nossa reflexão  é exatamente Caim. Como primeiros filhos de Adão e Eva, Caim e Abel receberam dos pais a informação sobre Deus e tinham algo que nos salta a imaginação, uma comunhão com Deus, após a queda, e após a própria  expulsão do Jardim do  Édem. ambos, Caim e Abel tinham o mesmo conhecimento "teológico" de Deus. A prática, a liturgia é que foi pessoal. Um deu uma oferta de um modo e outro de outro modo, não foram exatamente os elementos da oferta, mas o que elas expressavam do conhecimento teológico  que tinham. Uma oferta e uma atitude correspondia a real compreensão da realidade que envolvia Deus e a humanidade, ali representada por Adão, Eva, Abel e Caim. ambos estavam seguros do ue sabiam sobre Deus, Caim entretanto estava certo que a sua concepção de Deus e de como agradá-Lo era a correta, dessa forma a de Abel não poderia ser a melhor, a mais correta, e o fato de Deus ter rejeitado a sua oferta e preferido a de Abel não pode ser aceito por ele, Caim. Para Caim a realidade construída era maior que a verdade, a realidade de fato.

Assim o crente, o religioso, o cristão, com o tempo, a realidade construída com a contribuição institucional da religião se torna maior que a realidade apreendida nas primeiras experiências com Deus. Ou se tem a experiência real com Deus ou não a tem de fato. Nada a substitui como nas palavras de Jó, confessando que conhecia a Deus de ouvir e agora o conhecia de fato. A teologia mal utilizada substitui a essência do relacionamento com Deus. dá a ilusão de que essa comunhão exista quando não existe, nunca existiu ou ainda tenha deixado de existir completa ou parcialmente. Por isso temos papas, cardeais, bispos, apóstolos modernos, teólogos renomados, celebridades religiosas que mantém e sustentam opiniões acerca de Deus, da religião cristã, das relações e práticas religiosas, dos conceitos religiosos e não tem definitivamente a mais tenra e real comunhão com Deus. É a teologia de Caim.

O próximo personagem é Abrão, aquele que se tornaria o pai da fé cujo nome fora mudado pelo próprio Deus, Abraão. O que sabemos é que Abrão tinha o conhecimento teológico do único Deus, mas o próprio Deus iria ensinar-lhe algumas coisas e oportunizar a Abrão  a real experiência de comunhão, companheirismo, inimaginável entre um simples homem e o criador de todas as coisas. Algo inconcebível em toda a cosmovisão religiosa existente e concebida ainda no futuro, nas diferentes épocas e gerações que sucederiam a Abraão históricamente. Isso é tão novo, que a segunda maior religião abrâmica, os Islã, não concebe  a realidade de uma comunhão possível entre o homem e Alá. 

Sarah, esposa de Abraão conhecia a Deus, recebeu os três anjos ( o próprio Deus trino ) as portas de sua tenda e ouvi de Deus a promessa de que teria um filho e riu-se. A teologia de Sarah dizia a seu coração quem era Deus, o que tinha feito, criado o mundo, os céus e o homem, mas a sua teologia pessoal nãoadmitia de forma lógica que esse mesmo Deus, de algum modo, contra as leis e o ritmo natural das coisas, poderia efetuar um milagre por causa de sua própria palavra. a teolgia dá glória a Deus solenemente muitas vezes mas nega a sua eficácia na prática. Quantas restrições legítimas os fariseus levantaram para contestar os milagres e ensinos de Jesus milhares de anos depois? E quantas hoje em nome do reconhecimento de certos atributos divinos nega-se uma série de coisas igualmente legítimas e que de fato glorificam a pessoa do criador, pois mostram não no mundo das idéias, mas na prática, os seus atributos, como poder, amor, misericórdia.

Muitos são as personagens e muitos os registros. Saltaremos alguns e talvez voltemos a eles, ou então  o próprio leitor pode se lembrar deles. Esaú e Jacó receberam instrução e testemunho da realidade da dependência e comunhão com Deus  de Isaque seu pai e sua mãe. Esaú o mais velho um dia desdenha da primogenitura em troca de um prato de lentilha, num plano engendrado por sua mãe juntamente com seu irmão Jacó. O final é amplamente conhecido. Jacó enganador e relápso vai além do conhencimento teórico e crê sincermante que Deus é abençoador e capaz de interferir na história individual  do ser humano e que portanto o conhecimento de Deus não consiste em uma informação a ser guardada e cultivada sem vínculo com a vida e seus desafios reais. Hoje para muitos o conhecimento de Deus é alienado da vida. Para cristãos católicos romanos praticantes ou não, vale a teologia de São Tomaz de Aquino, os chamados andar de baixo e andar de cima. Com o advento da Reforma, especialmente com os calvinistas isso é corrigido, pois fé e vida, teoria e prática se misturam e são inclusive o sutentáculo para o surgimento e construção de uma ética capitalista, onde o sucesso na vida, incluídas a econômica constituem a prova da benção de Deus.

O que dizer de Moisés e o seu papel de sistematizar o conhecimento anterior, transmitido oralmente e de algum modo mantido incólume até que de um modo miraculoso, pela primeira vez, de modo social e não só individual, o conhecimento teórico se reverte em experiência  congregacional. Na próxima postagem.

Por Helvécio S. Pereira

As referências bíblicas não foram incluídas pelo fato de serem todas amplamente conhecidas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos