SANDI PATTY LOVE IN ANY LANGUAGE

sábado, 18 de setembro de 2010

IGREJA E O CRENTE: ENTRE O PASSADO E O FUTURO



Todo crente cuja fé e experiência com seu Deus sejam reais, tem um sentimento de que, após a sua conversão e experimentação concreta com a verdade divina, que o faz ter uma nova cosmovisão, que não é só relacionada ao mundo, ao universo sensível, mas às realidades sobrenaturais; que a igreja que o levou ao conhecimento da luz, da verdadeira luz, não é igual a igreja do tempo dos apóstolos, não por poucos, e sim por variados motivos. É essa igreja, de fato na prática, bem inferior e pouco  àquela diretamente relacionada.  


Não que os primeiros crentes fossem de fato seres humanos acima da média e tão diferentes de nós, embora sua época e cultura fossem decididamente, mais difícil e limitada. Lá muitas coisas não deram certo, como não dão atualmente. Havia concorrência, oposição, desconfianças, acusações, se dava a imaginações várias, análogamente  vãs, etc.

Mas indiscutivelmente uma diferença daquela igreja e da nossa, não individualmente, mas vista como modelo mais ou menos aceito, é que aquela não era institucional ainda, e a nossa por força  da contemporaneidade o é, e se aperfeiçoa nessa característica, em sê-la, legítimamente. E cujo elemento, que deveria ser apenas agregado, passa ser o principal. Todo crente, todo cristão, forçosamente tem que olhar para o passado, pois as tradições e registros judaico-cristãos, encontrados e quase que universalmente aceitos, com o maior ou menor objeções e reparações, são a nossa única, ou pelo menos, primordial referência.

Não há  cristianismo e nem fé cristã sem saber-se, sem se ter conhecimento do que foi o passado da fé conforme registrado e revelado  nas Escrituras. O que foi determina as reais possibilidades da nossa fé hoje. Não há como negá-lo. A Bíblia não constotitui-se apenas em histórias morais mas no registro real de intervenções reais diretas de Deus  ou sua supervisão e verificação do que faziam os homens.

Reiventar o cristianismo com base em "novas" e "originais" revelações tem sido, ao longo da história cristã pós Novo Testamento, uma experiência muitas vezes desastrosa, quando ultrapassa o recurso natural da contestualização, com o surgimento de heresias destoantes da mais genuína fé cristá autêntica.  


Uma recriação do passado, por outro lado tem se manifesto como algo destoante, alegórico, quase exibicionista. Há males e males, mais destrutivos e menos destrutivos, mas tem sido sempre um risco. Volta e meia nos damos conta do fato do peso pender para um lado ou para o outro. Penso que nesse quesito estão manifestadamente misturados o  joio e o trigo, e Deus permite que segundo a  nossa inclinação cultivemos inadvertidamente os dois, com o objetivo de não se perder o trigo, elemento valioso, desejável e único. Afinal qual das sete igrejas da Ásia, cuja mensagem é endereçada ao anjo, líder de cada uma delas, no Apocalípse, que se tenha mostrado perfeita, com trigo e sem joio, ou com joio sem trigo?

Muito se poderia refletir sobre essa posição oscilante e pendente entre um pólo e outro, mas enfatizo e realço o que se perde em não se focar no presente, e não saber agir nele, no agora. É ótimo e recomendável, pelas próprias Escrituras, o estudo dEla, e o apredizado através do que foi registrado nEla, para nosso ensino e exemplo. Porém não relacioná-La corretamente com o nosso presente,  e não saber, mediante a direção divina, mediada pelas mesmas Escrituras, o que fazer e como aplicar as Suas verdades no mundo de hoje, é um contra censo.  

O passado não volta, mas a igreja instucionalizada não pode se traduzir em um monumento, ainda que eloquente e legítimo à igreja neotestamentária. 

Vista por olhos de fora, que contudo possua alguma medida de clareza, o cristianismo muitas vezes, fala e prega  coisas que não contém em si hoje, de coisas que não conhece.  O seu Jesus curou no passado, mas você cristão e crente, morreria antecipadamente sem o seu caríssimo plano de saúde. 

Para o oriental adepto de uma religião oriental, ( esse exemplo peca pela simplificação mas nem por isso deixa de ser compreensível ) ainda que seja um indiano, japonês, etc, a sua fé relacionada a alguma coisa, se manifesta hoje. Os seus incensos, suas flôres, seus sinos e suas batidas de tambor, fazem acontecer algo invisível e visível hoje ( para ele obviamente ). Entretanto certas parcelas de cristãos dizem enfaticamente com todas as letras: os milagres de Jesus foram restritos àquela época e tempo. Hoje apenas devemos nos lembrar deles, do próprio Senhor e termos uma vida dígna, recomendável, exemplar e aguardarmos o futuro, após a escatologia individual, a morte de cada um de nós solitariamente no seu próprio tempo, e finalmente após a escatologia maior, a que envolve todas as últimas coisas recebermos a nossa recompensa ( de que? se alguns nada fazem pelo Reino? ou fazem as avessas? - brincadeira somos salvos pela graça mas contudo não somos chamados para a  inutilidade.)

Há por um lado um cristianismo repleto de personagens: Deus na Sua Trindade eterna, anjos, os demônios, mas esses estão distantes, são apenas personagens e referências, quase míticas, não fazem parte de uma cosmovisão real e presente. 


Seriam intrusos na vida moderna mediada pelo conhecimento acadêmico e profissional. Jesus entende de empreendedorismo, finanças, sucesso, vida conjugal, carros, lazer? aparentemente não, é apenas Senhor de coisas celestiais, A Bíblia entretanto afirma que é o principio e o fim de todas as coisas, o que abre e ninguém fecha, fecha e ninguém abre.

Quando um pregador desse tipo lê a seus ouvintes acerca dos demônios expulsos do Gadareno, será que isso lhe soa, e a seus interlocutores, como algo real? Há endemoninhados hoje e como crentes podemos expulsar esses demônios que literalmente existem, ou recomendamos-lhe as muitas terapias, incluídas aí as que alimentam anti-bíblica e portanto anti-Deus, a malfada Nova Era? Oramos legítimamente por alguém como uma doença terminal, ou  não parece lógico um câncer desaparecer sem ser por meios cirúrgicos ou quimioterápicos?


mendicância, do divórcio, do vício. do crime, até da loucura, ou só podemos articular a nossa mensagem com gente normal, com boa base educacional e portanto algum mínimo capital social? Creia e morará no céu, um dia,  ( embora seja de fato a melhor coisa ) mas não tenha maiores aspirações nesse mundo, pois não são cristianísticamente legítimas, a não ser para quem  já as tenha, poderia ser uma boa tradução do que sugerem. Se há um conflito real, constitui-se apenas nas "coisas de César", economia, estudo, profissão, política, posses, etc. Uma vida tão normal como a do ateu ao lado. É,de fato,  um ateísmo com Deus, e com a tutela dogmática da religião institucional.

Há também os que não chegam a tanto,afinal tal radicalismo é disparatado e claramente incompatível com a fé cristã. Adota-se um meio termo relativamente "politicamente correto": uma religião cristã instituicional e institucionalizada aprazível a mente e a teorização,mas que na prática não constitui uma intervenção sobrenatural no mundo, só teórica, sem milagres, sem curas, limitada pela própria resistência natural dos não crentes. Só se manifesta em mentes que agasalhem confortavelmente os mesmos postulados. É uma ilha visível de pessoas concordantes sobre um número essencial de pontos. Há ainda os que querem baixar os céus na terra e se deliciam comas experiências dos profetas mais visionários do Velho Testamento, como se a experiência deles fosse um filme em 3D, sem nehum custo ou sacrifício.

Não é essa a igreja, nem a do passado que não pode ser recriada no mesmos moldes, nem da reforma que deu um grande e inescusável passo para retorno a verdade bíblica, mas ainda vazia de atributos da igreja do início da era apóstólica, nem tão pouco a igreja que se solta translocadamente em busca de apresentar novidades. 

O campo do conflito para nós é o hoje e o agora e convenhamos, a grande maioria de nós não sabe exatamente o que fazer. Daí os múltiplos esforços e os choques entre posturas, compreensões e práticas. Não sabemos exatamente o que fazer.  Deveríamos e devemos sabê-lo.


O passado por mais agradável que nos pareça, já foi, e o futuro nunca virá, no sentido que o futuro é sempre o amanhá  e consequência de uma experiência e uma opção presente. O de alcançar pessoas através da nova do evangelho, orar por elas, levar-lhes a cura concreta e milagrosa através da pessoa única do Senhor Jesus, impactar e confundir a sabedoria  do mundo é algo impossível a do passado que não pode ser recriada no mesmos moldes, nem da reforma que deu um grande e inescusável passo para retorno a verdade bíblica, mas ainda vazia de atributos da igreja do início da era apóstólica, nem tão pouco a igreja que se solta translocadamente em busca de apresentar novidades.  


O campo do conflito para nós é o hoje e o agora e convenhamos, a grande maioria de nós não sabe exatamente o que fazer.

Daí os múltiplos esforços e os choques entre posturas, compreensões e práticas. Não sabemos exatamente o que fazer.  Deveríamos e devemos. O passado por mais agradável que nos pareça, já foi, e o futuro nunca virá, no sentido que o futuro é sempre amanhá  e consequência de uma experiência e um ao poção presente.

Alcançar pessoas através da nova do evangelho, orar por elas, levar-lhes a cura concreta e milagrosa através da pessoa única do Senhor Jesus, impactar e confundir a sabedoria  do mundo é algo impossível para quem só olha para o passado ou para o futuro,  que não é agora.


Por Helvécio S. Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos