COME TO ME

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

O TEÓLOGO E O CRENTE

Já abordei em outras postagens, a minha posição acerca do trabalho do teólogo ( não as repetirei aqui pois o assunto do qual desejo falar prioritariamente no momento,  é outro ), sua importância e a sua relação com a revelação bíblica. Nada contra a pessoa e o trabalho do teólogo, mas que esse difere do crente, ah ...isso difere e muito.

Quem é o teólogo profissional, tentemos decrevê-lo. O teólogo está presente em todas as religiões constituídas e reconhecidas como tal. Lembrando que há uma diferença importante entre  religião e uma crença resultante de uma prática religiosa. Uma religião para ser reconhecida e classificada como tal, deve ter práticas que contemplem pelo menos, três importantes passagens da vida humana, tais como, nascimento de seus adeptos, casamento e morte. Em algumas religiões incompletas, os seus adeptos necessitam de outra religião para cumprir esses ritos, como é o caso do espiritismo por exemplo, que necessita do catolicismo e de suas cerimônias, como batismo, casamento e funeral. Nas igrejas evangélicas  com o batismo adulto, as crianças são apresentadas a Deus, em um momento particular dentro do culto público. Daí o espiritismo ter escritores, autores que explicam e propagam suas crenças, mas não teólogos.

Outra dirferença importante é a existente entre religião e igreja. O cristianismo é uma religião e nela, mesmo  a contragosto de muitos, estão incluídos todas as igrejas, reformadas, batistas, protestantes, paraprotestantes, pentecostais, neopetencostais, etc. Há portanto uma teologia cristã, uma teologia mulçumana, budista, judáica, etc. Dentro da teologia cristã há diferenças e particularidades: há os calvinistas, neocalvinistas, armenianos, batistas, luteranos, anglicanos, os pentecostais ou renovados, etc.

Há teólogos autodidatas, o que é relativamente difícil, pois trata-se de uma formação  cara e  bastante complexa e que mesmo depois de concluída, há de ter o reconhecimento de seus pares, seja na aprópria igreja, na denominação ou em conselhos de teólogos legalmente constituídos. Por essas considerações ainda que resumidas o teólogo não tem independência alguma. Se tal teólogo discorda de seus mestres ou de seus pares, é imediatamente desprezado e combatido e as vezes impiedosamente. E olhe que não são poucos os exemplos históricos. Um teólogo tem de conhecer bem a crença da sua igreja  ou denominação em particular e muito bem a dos outros  incluindo, se possível, todas as demais religiões. O seu trabalho é portanto o de combater no campo da razão todos os que se oponham a sua crença com todos os argumentos possíveis. A palavra do teólogo e suas declarações não são solitárias. Soam naturalmente como um coro.

Um teólogo em suas proposições não está só. Ainda que comece só logo arrigementará outros teólogos de outras correntes teológicas, como num jogo de inteligência, o que melhor argumentar convence-os demais. Não por que tenha razão, mas por falar mais e as vezes melhor. Aliás um teólogo tem que repetir as suas afirmações muitas vezes para si mesmo, até que num processo psíquico, a repetição de uma afirmação se torne verdade para si mesmo. Teólogos, por essa razão, precisam de afagos constantes de seus iguais. São como os ateus, se tirar-lhes a idéia e Deus, falarão de quê?

O ateu se apóia nas reais  incapacidades dos crentes provarem eventualmente a sua fé. Mas se considerarmos a existência de Deus, esse não precisa  provar a sua existência e convenhamos, poderia Ele em tese, nem querer mostrar que existe.  A discussão sobre a sua ou não existência fica portanto inóqua. O ateu tinha portanto, deixar de brigar com o crente, e ele, ateu , por si só buscar pessoalmente o próprio Deus.

Você pode estar dizendo que desprezo os teólogos e seu trabalho e eu respondo que não se trata disso e a explicação vem a seguir. Ninguém nasce teólogo. O teólogo é inicialmente um crente, independentemente de sua religião ou igreja. Inicialmetne ele é apenas alguém que se maravilha com a mensagem crida e aprendida inicialmente, de modo mais sintético possível. Se assim permanece o seu trabalho e a sua teologia serão sempre válidos. E digo isso pensando, agora no teólogo cristão que permanece como crente. Se assim o faz, a leitura simples da Palavra de Deus, a meditação nela, a oração ao seu Deus, estarão sempre adiante das aquisições intelectuais que eventualmente terá ao longo de sua carreira e são, sem dúvida, louváveis. A teologia estará então a serviço não só de sua fé, mas de sua experiência religiosa, entendida aqui como verdadeira comunhão com Deus. A sua pregação, como teólogo, será mesmo assim uma opinião, cuja baliza última, será a sua verdadeira comunhão com Deus.

Teólogos não são infalíveis, principalmente porque, pela natureza de sua ocupação e profissão, não se detêm em parte da explicação e prosseguem portanto em um esforço humano de explicar a crença na sua totalidade. Aí, naturalmente, nesse ponto, o teólogo "cai do cavalo". Ele pode dizer, tentar dizer com todas as letras, que nunca faz isso, mas contrariamente é exatamente isso que o teólogo faz, tenta explicar "tudo".

E o crente? O crente tema fé como a de uma criança e é exatmente essa fé que Deus quer encontrar em nós. Uma fé que não dependa de fatores decisivamente humanos como o lugar e época que vivemos e o modo como casualmente fomos favorecidos com instrução, disponibilidade de tempo, classe social , etc. Se  assim fosse, os teólogos seriam todos pessoas com uma grande fé e operariam maravilhas no Reino de Deus. Evidentemente, não são todos, mas muitos fazem um trabalho desastrado em maior ou menor monta, trazendo divisões importantes até mesmo dentro da verdadeira obra de Deus. Qual seria então o papel do verdadeiro teólogo? Organizar a fé confessada por sua igreja de modo que qualquer crente pudesse relatar, explicitar a sua fé.

Jesus teve não poucas pendengas com os teólogos judaicos de seu tempo, os fariseus, mas muitos crerram finalmente na sua mensagem. Finalmente Deus chamou um que seria o maior teólogo autêntico do cristianismo, o apóstolo Paulo, aluno ou discípulo de Gamaliel outro importante mestre e fariseu contemporãneo de Jesus e do apóstolo Paulo. Talvez por isso, o próprio Senhor Jesus tenha dito o quento ele, o Senhor, lhe mostraria o quanto, ele Paulo, sofreria por amor de Seu nome, do nome de Jesus.

A nossa fé como crentes, é no Filho de Deus, o Senhor Jesus Cristo, a revelação do Deus distante, o Deus conosco. Mas não basta saber sobre Ele, há de se ter uma comunhão com Ele. Ele edeve poder se dar a conhecer pessoalmente comigo, por simples graça, não por merecimento, conhecimento, posição, relação eclesiástica, ou o mais que for. Há um texto muito mal usado, especialmente por aqueles não muito afeitos teologicamente a expulsão pública de demônios, curas, glossolalia, etc, que  é o texto de Mateus 7:23

Aparentemente o fato de expulsar demônios ou curar em seu nome seja  o elemento que deva ser diminuida a sua importãncia para o evangelho. Já que pode ser feito e mesmo assim ser  condenado ao inferno po que fazê-lo então? A leitura poderia ser outra entretanto, já que segundo o próprio Senhor Jesus, expulsar demônios e curar também é uma ordem a todo o que nEle crê. Talvez uma alinhamento de raciocínio teológioco poderia ser mais aceito. Expulsamos demônios e curamos porque a  teologia partilhada por nós declarava o que tal deveria ser feito. Fizemos o que racionalmente achávamos teológicamente certo comotodos os religiosos e crentes de suas respecitvas religiões fazem sem contudo nunca termos uma comunhão,  como simples crentes teriam.  A vida cristã não é uma adesão a Cristo.

A vida cristã começa com um encontro com Jesus. É de fato o filho pródigo ( rico e com privilégio de filho de um grande pai ) que reconhecendo a sua condição de miserável por sua rebeldia , se arrepende e aceita humildemente que o Pai reate a Sua comunhão consigo. O verdadeiro teólogo nunca deixará de ser um pecador arrependido com os mesmos olhos cheios de lágrimas, de vergonha, de tristeza e de humildade diante de um grande Deus e sua imensurável graça. O  mau teólogo se unfana em seu próprio conhecimento. A sua fé depende de mais elementos meramente humanos como cultura, formação, titulação, relações eclesiásticas, posição social, etc.

por Helvecio S. Pereira

COMENTE ESSE "POST"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos