SANDI PATTY LOVE IN ANY LANGUAGE

domingo, 17 de janeiro de 2010

A TEOLOGIA INSENCÍVEL

A teologia é boa ou ruim? O dinheiro é bom ou ruim? As armas são boas ou ruins? Essas perguntas fazem parte de um conjunto maior de questões feitas, usualmente pelas pessoas no dia a dia. Certamente quanto ao dinheiro e as armas muitas vezes já vimos essas questões serem levantadas no serviço, em um restaurante, em uma festa ou encontro familiar. Contrariamente ao que possa parecer cada uma dessas perguntas tem uma resposta concreta. Nenhuma delas  tem um aresposta que seja meio termo entre uma coisa e outra. Semelhantemente a teologia é boa mas o uso corrente dela, pode ser funesto e terrivelmente maldoso.

O teólogo de qualquer religião, é aquele que se debruça sobre evidências religiosas e as organiza para que se tenha finalmente um conjunto interrelacionado e satisfatoriamente coêso e lógico. Não há nada de errado nisso e os teólogos profissionais prestam um serviço importatne e perfeitamente útil as divedrsas religiões e igrejas. O trabalho final de cada teólogo torna a confissão de fé de cada religião ou igreja confiável e permite o confronto de identidade e de discussão entre os diversos credos, algo que faz parte do crecimento de cada uma desas e do fortalecimento de sua identidade perante assemelhados ou contrários.

Vistos sobre essa ótica, não há como desprezar-se pura e simplesmente o trabalho desses profissionais.O trabalho dos teólogos ajuda a definir as prioridades de cada confissão religiosa, o que poderá ou não ser feito na praxis religiosa. Aí estabelece-se um ponto importante: qualquer religião só faz ou deixa de fazer o que a sua teologia, ou seu time de teólogos, define. Nem mais, nem menos. As consequências são definitivas. Na vida e na morte. É a teologia, mesmo desconhecida, na maioria dos casos pelos crentes de cada religião, que define como vivem esses crentes, como morrem e qual a esperança futura de cada um. O voluntariado, as ofertas em dinheiro, o lugar na sociedade, a forma como veem e como fazem sexo,a  moral e a ética, nada escapa a teologia.

A teologia é aparentemente só um discurso que pode ocilar entre  opressor e libertador. A teologia exige na prática, que o teólogo tenha profunda informação sobre a sua crença e também sobre a dos outros que se oporão aele, dentro e fora de sua confissão religiosa. Aliás, as suas próprias convicções e descobertas no interior de seu credo são alimentadas prioritariamente pelas convicções contrárias as suas cridas pelos outros crentes e teólogos de suas respectivas religiões e credos. Podemos , até, afirmar, sem perigo de erro, que a teologia quase sempre é uma reação a uma teologia que a precede ( teologia da reforma protestante, teologia da contra-reforma católica, teologia da libertação, teologia da prosperidade, etc.)

Tudo o que foi resumidamente colocado nas linhas acima é razoável e plenamente observável. Trata-se de um esquema simples que registra, e coloca com suficiente clareza, o lugar da teologia na sociedade humana, vista religiosamente ou não, ou seja do ponto de vista de religiosos ou não religiosos. É um modelo científico.

Curiosamente teólogos podem e o fazem, defendem teologicamente as suas crenças de modo apaixonado e tratam, muitas vezes os modelos teologicamente divergentes com profunda aspereza e dureza, chegando ao escárnio como arma final do triunfo de suas idéias. Curiosamente também  os teólogos possem seguidores. Leigos ou ministros religiosos que se alinham com suas declarações a partir de suas análises teológicas particulares. Note-se que cada teólgo pode ter uma convicção pessoal a partir das suas análises e estudos da fé abordada, mas só é espalhada entre os crentes,não por teólogos, mas por m batalhão mais ou menos anônimo de ministros religiosos que convencem mulrtidões de crentes liderados por eles, em seus respectivos credos.

O teólogo não converte qualquer um fora do seu  credo. Ele alicia pessoas já convertidas ao credo para uma linha de crença particular. Daí concluimos que a relação com a divindade de sua crença, do alinhado com determinada teologia, não é com a divindade da teologia, diretamente, mas por intermédio do pensamento do teólogo, ou seja com que o teólogo acredita.

A teologia pode refletir a verdade, já que essa verdade deva existir de alguma forma? Sim claro, o que interfere no trabalho do teólogo, que é um cientista religioso, é a sua convicção pessoal. Assim como o cientista de uma outra ciência ele de antemão possui convicções e é uma personagem que responde aos fatos, acontecimentos e idéias a sua volta. Muitas vezes não é a verdade que constata, mas usa da "verdade" para combate de um injustiça percebida no mundo. A sua teologia é arma e não constatação de uma "verdade".

Tal modelo pode ser aplicado analizando-se qualquer credo ou religião. Ao mesmo tempo que a teologia é útil a consolidação e explicação de um credo, constitui-se, ela um fator altamente desagregador e limitador da praxis rteligiosa que pode vir a se chocar visivelmente com a realidade, com a leitura mais razoável, que qualquer um de qualquer credo pode fazer da vida. Sob esse aspecto, ao mesmo tempo e paralelamente, aofato de que a teologia seja um elemento importante para a religião a denigre profundametne quando reafirma uma praxis completamente incoerente.

Vamos a alguns exemplos práticos ( são declarações soltas, recortes factuais de diversas religiões, as quais não serão citadas nominalmente no momento, são quase caricatas mas que reflete declarações teológicas mais ou menos complexas ):

"O cabelo é o véu da mulher, que não deve andar de cabeça descoberta.A mulher deve, portanto deixar o seus cabelos crescidos e nunca cortá-los."

Contradição: Há grupos éticos em que os cabelos das mulheres não crescem como das mulhrees de etinia branca, indiana, indígena, etc.

"Quem trabalhar aos sábados, portanto não guardá-lo, não será salvo".

Contradição: A sociedade moderna, mais que outras sociedades, não pode parar em suas diversas esferas. os salvos então deveriam a sua segurança, saúde, bem-estar inteiramente as custas dos "perdidos".

"Um homem não pode ver e nem uma mulher deixar-se ser vista nua."

Contradição: Uma mulher pode morrer, de parto, de acidente, ferida por arma , nãopoder eceber nenhum atendimento a não ser por pessoas do mesmo sexo, ou sejam, mulheres. Deixá-la morrer é mais justo e plenamente recomendável, aceitável, do que expor,  ver a sua nudez. (!!!)

"Deus já elegeu os salvos e também os perdidos. Aos perdidos não adianta nem ao menos desejarem ser salvos. Aos salvos façam o que façam serão forçosamente salvos finalmente. E só Deus sabe quem é salvo e quem é perdido." Isso é verdade, só Deus sabe todas as coisas. Mas participar de um grande teatro onde não se possa dar certeza a ninguém, de absolutamente nada. É uma volta a teologia e praxis católica, que aponta o céu e o inferno sem dar nenhuma certeza  para o seu crente.

Contradição: Todos os defensores dessa teologia se veem como salvos e aos opositores cabe uma dúvida: talvez sejam salvos. Dizem que nas igrejas há salvos e não salvos. Os não salvos estão lá enganados nas mesma igreja e estarão perdidos, nas mesma igreja, na mesma fé, crendo nas mesmas coisas. Não se trata de exemplares cidadãos e pessoas depravadas pois aí não se necessitaria de teologia nenhuma para  explicar tal diferença. Os não salvos e perdidos , no caso, possuem a mesma fé. Imagine os que deles discordam. Essa teologia surgiu de uma simples pergunta: Por que algumas pessoas aceitam o evangelho e outras não?  A resposta foi, simplificadamente a seguinte: Deus faz com que uns aceitem e impede que outros o façam da mesma maneira. E finalmente Jesus não morreu por todos, só por um grupo seleto de pessoas. E por que só essas pessoas, segundo essa mesma leitura e interpretação, todos pecaram, e portanto esses eleitos também pecaram? Vemos então não poucas contradições.

Óbviamente simplifiquei de modo quase inadequado os exemplos por economia de espaço. mas é mais ou menos assim mesmo. O mau uso da teologia divide, inlude, cria ódios, se contradiz grosseiramente a realidade, desqualifica a religiãoe o religioso e se interpõe entre o crente e objeto de sua fé.

O cristianismo verdadeiro se caracteriza por umarelaçaõ pessoal com Deus. A Bíblia Sagrada, reconhecida como a única e infalível Palavra de Deus é Deus falando guiando esse crente em todos os seus caminhos. A teologia e a palavra final de um teólogo se interpõe entre os dois: o crente e o seu Deus. A cada  ato esse crente busca a teologia e não a Palavra de Deus. É a explicação da mensagem de Deus via teólogo que ele, o crente busca, e não a mensagem direta do texto. O crente não é mais crítico e pergunta a Deus  mas repete a resposta pronta muitas vezes, cultural, reacionária, e incrédula do teólogo que busca uma saída mais  lógica para si.

Como Jesus via os teólogos de sua época? Basta acuradamente revisitar a sua própria Bíblia e ler os textos.
Vale notar que nem todos eram incrédulos a mensagem de Jesu. A Bíbli aregistra

Os judeus e portanto o judaismo, desenvolveram uma teologia complexa, a sua manutenção e transmissão eram levados profundamente a sério. O conhecimento dentro da cultura judáica eram e são até hoje o elemento cultural mais importante.

Abaixo os vercículos em destaque são links ao texto inteiro da Bíblia que se abrirá em outra página automaticamente para estudo e análise do contexto do quais foram extraídos. Vale resaltar que um número expressivo de fariseus creram em Jesus, embora a maioria se opôes ferrenhamente a Sua mensagem.






















Lucas 17:20
E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes, e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior.







O presente espaço e curto e não convém a exposições demasiadamentes longas. Espero que você após ler as reflexões aqui expostas faça sua própria análise.

Deus o abençoe.

por Helvecio S. Pereira


COMENTE ESSE "POST"






Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK

CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA O DOWNLOAD DESSE E-BOOK
Clique na imagem acima e saiba como fazer o download desse importante e-book

EM DESTAQUE NA SEMANA

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE LER




09 Dez 2010
Reflexões acerca do que a Bíblia revela e declara sob a ótica cristã autêntica. Nada porém substitui a leitura pessoal da Bíblia, a inerrante Palavra de Deus. LEIA A BÍBLIA! Salmos 119:105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra, ...
19 Dez 2010
Essa pessoa sai pensando em Deus de um modo ou de outro, e em decisões que fatalmente terá de tomar frente ao divino. Nas prisões, após ouvir um pregador ou missionário de uma ou outra igreja, os criminosos mais terríveis param para ...
01 Dez 2010
A Bíblia é fonte inesgotável de ensinamentos dados do ponto de vista de Deus. As Sagradas Escrituras só não revelam o que, segundo a aprovação de Deus, Ele mesmo por Si não quer revelar-nos. Deus não revela coisas imposto pela ...
09 Dez 2010
Infelizmente ou ao contrário, como seres sociais e assim planejados por Deus, só construímos conhecimento em cima de informações e conhecimentos que nos antecedem. Por isso é natural não poucos de nós repetirmos conclusões feitas por ...

UM ABENÇOADO E VITORIOSO ANO NOVO A TODOS! OBRIGADO A TODOS OS LEITORES E VISITANTES!

Arquivo do blog

TEOLOGIA EM DESTAQUE: DIVERSAS POSTAGENS


26 Ago 2010
Nessa postagem quero deixar claro que dentre as diversas teologias usadas ( teologia popular, teologia leiga, teologia ministerial, teologia profissional e teologia acadêmica ) a que move a igreja e faz avançar o seu ...
27 Out 2011
Por experiência entenda-se todas as comprovações factuais acerca do que se crê conforme a teologia crida, seja essa oficial, oficiosa, leiga, individual, etc. Assim posto, é necessário colocar que o que me fez tocar nesse ...
25 Ago 2010
A teologia leiga é portanto um passo além da teologia popular, na verdade uma passo acima. Quando um crente dedica-se mais sistematicamente a investigação da sua fé , buscando uma melhor forma de não só expor o ...
11 Jan 2011
Conforme postagens anteriores que esclarecem a diferença entre teologia oficial e leiga, evidentemente em todas as igrejas há, por parte de seus membros uma teologia mais popular e uma teologia pessoal. Mesmos ...

links úteis

Atenção!

TODAS AS NOSSAS POSTAGENS TRAZEM ABAIXO LINKS PARA COMPARTILHAMENTO E IMPRESSÃO E SALVAMENTO EM PDF. NO CASO CLIQUEM 'JOLIPRINT' E UM SITE CONVERTERÁ O POST EM UM PDF AGRADÁVEL DE SER SALVO E PORTANTO GUARDADO PARA LEITURA POSTERIOR ( fica visível em alguns navegadores, aproveite essa funcionalidade extra! )

CRISE NO CATOLICISMO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO

ACESSE JÁ CLICANDO NO LINK ABAIXO
VÁRIAS VERSÕES, ESTUDOS SOBRE CADA LIVRO DAS ESCRITURAS

NÃO PERCA UMA POSTAGEM DIGITE ABAIXO O SEU E-MAIL OU DE UM AMIGO

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!

ATUALIDADE ! CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E LEIA AGORA MESMO!
NÃO PERDER O FOCO...QUAL O REAL PRINCÍPIO DO CULTO? CLIQUE NA IMAGEM ACIMA E ACESSE

CURSO TEOLÓGICO GRÁTIS! *HÁ TAMBÉM OUTROS CURSOS DISPONÍVEIS

QUEM INVENTOU O APELO NOS CULTOS?

SOBRE O LIVRO DE GÊNESIS, LEIA AS PRINCIPAIS POSTAGENS

25 Nov 2010
Tenho algumas vezes, em minhas despretenciosas reflexões ( despretenciosas por não terem o tom acadêmico e muito menos professoral, são apenas reflexões ), dito que se não se crer no que o Livro de Gênesis declara, não é necessário ...
31 Jan 2011
-A razão das atuais, ou pelo menos de predominância histórica, das condições existenciais e morais do homem têm no Gênesis a sua satisfatória resposta. A existência de condições nem sempre e totalmente favoráveis a nosso conforto ...
11 Jan 2011
Como parte do pentateuco, o Gênesis, depreciado modernamente graças a nossa submissão e endeusamento da ciência, que com a sua contribuição à saúde, tecnologia e construção material da sociedade, pouco ou quase nada tem a dizer sobre ...
21 Nov 2010
A religiosidade cristã moderna ou atual, de há muito tem se contentado e desprezado as narrativas de Gênesis, precioado por parte majoritária de setores quase que totais do mundo científico e da falsa sensação de que tudo pode ser ...

O GÊNESIS, COM NARRAÇÃO DE CID MOREIRA E IMAGENS

NÃO DEIXE DE LER OS SEGUINTES POSTS DENTRE OS MAIS LIDOS...

29 Mai 2010
UM LIVRO OBRIGATÓRIO PARA CATÓLICOS E EVANGÉLICOS ACERCA DA ERRÔNEA CULTURA DO CULTO A MARIA. Recebi por indicação do irmão Jorge Fernandes Isha, um e-book gratuito, de leitura obrigatória para os evangélicos e para ...
16 Fev 2010
Judas era o mais culto, de origem e status social diverso dos demais, de outra cidade, e foi substituído não pelo apóstolo dentre os discípulos eleito pelos demais, por própria escolha de Jesus, após a morte de Estevão, Saulo, discípulo de Gamaliel, provavelmente o mais preparado ...Melquesedeque, Maria , José, e tantos outros. Deus se dá a conhecer plenamente a cada um que o ama. O ue Ele fará na história as vezes não noscompete saber, as vezes sim. Essa é a diferença. ...
19 Mar 2010
Tal qual os fariseus, põem não poucos impencilhos que vão desde reparações a pregação simples e com pouca ligação com a hermeneutica e pregação convencionais, a música, letra das canções, a ordem do culto, forma dos apelos e ... Essa pessoa , esse novo crente, como filho ou filha de Deus de fato, tem agora uma nova vida, como Madalena, Zaqueu, o Gadareno, o Centurião, Nicodemos,o ladrão da cruz, Marta e Maria, Lázaro ( não necessariamente nessa ordem ), e tantos outros. ...
04 Mar 2011
Nesse aspecto seria legítimo um católico cultuar Maria como N.Senhora, um muçulmano a Maomé como seu legítimo profeta, um budista como objeto de culto, e assim por diante. Todoslçegitimamente amparados por sentimentos sinceros e ...
English (auto-detected) » English




English (auto-detected) » English


English (auto-detected) » English

VISITE JÁ UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO

VISITE JÁ  UM BLOG SOBRE ATUALIDADES RELIGIOSAS E FATOS IMPORTANTES NO MUNDO
CONTANDO OS NOSSOS DIAS ACESSE JÁ. CLIQUE AQUI!

ESTUDE EM CASA.TRABALHE EM CASA!

leitores on line

OPORTUNIDADE!

LEIA: E-BOOKS EVANGÉLICOS GRÁTIS Clicando na imagem a abaixo você fará os downloads dos mesmos